Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/4848
Título: Population genetics study of the Leontodon in the Azores
Autor: Dias, Elisabete Furtado
Orientador: Moura, Mónica Maria Tavares
Sardos, Julie
Palavras-chave: Biotecnologia Vegetal
Genética Vegetal
Plantas Vasculares Endémicas
Açores
Leontodon L. (Asteraceae)
Natural Distribution Area
Azores
Data de Defesa: 24-Fev-2012
Citação: Dias, Elisabete Furtado. "Population genetics study of the Leontodon in the Azores". 2012. 29 p.. (Dissertação de Mestrado em Biodiversidade e Biotecnologia Vegetal). Ponta Delgada: Universidade dos Açores, 2012. [Consult. Dia Mês Ano]. Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10400.3/4848>.
Resumo: O género Leontodon L. (Asteraceae) é constituído por cerca de 50 espécies e a sua área distribuição geográfica abrange a Europa, América do Norte, Norte de África e Ásia Ocidental (Bogler, 2006). Duas destas duas espécies são endémicas do Arquipélago dos Açores: Leontodon filii (Hochst. ex Seub.) Paiva & Ormonde and Leontodon rigens (Dryand.) Paiva & Ormond (Silva et al., 2011). No presente trabalho pretendeu-se efetuar um estudo completo sobre a variabilidade populacional de 452 indivíduos de Leontodon spp., ao nível do arquipélago. Ao nível genético, testaram-se marcadores moleculares relativos a 24 loci SSR putativos, tendo-se obtido bons resultados em 4. Entre os quais, L. rigens apresentou 77 alelos no total (media= 19.25), desde13 para o marcador LR2A02 a 25 para o LR4B08 e com um excesso global de homozigotia (Multilocus Fis=0.377, desde 0.117 para LR2A02 a 0.481 para o LR4B08), enquanto L. filii evidencia 59 alelos no total (em média 14.75), desde 11alelos no locus LR2A02 a 18 para LR4B08, com um excesso global de homozigotia (Multilocus Fis=0.078, desde -0.237 no locus LR2A02 a 0.577 no locus LR4B08). As duas espécies têm um valor equivalente de alelos raros, 84.4% para L. rigens e 83.1% para L. filii. Através do PCoA e análises Bayesianas confirmou-se a existência de dois grupos distintos, as populações de L. filii do Faial agruparam-se com L. rigens, foram formuladas variadas hipóteses para explicar esta disposição. Medidas de protecção e conservação deverão ser aplicadas em 11 populações da ilha de São Miguel, 2 populações da ilha Terceira, 6 populações da ilha do Pico e 1 população nas ilhas de São Jorge e Flores, assim como todas as populações das ilhas do Corvo e Faial.
ABSTRACT: The genus Leontodon L. (Asteraceae) comprises around 50 species and its natural distribution area covers Europe, North America, northern Africa, and western Asia (Bogler, 2006). Two of these species are endemic to the archipelago of the Azores: Leontodon filii (Hochst. ex Seub.) Paiva & Ormonde and Leontodon rigens (Dryand.) Paiva & Ormond (Silva et al., 2011). This present work proposes to undertake a comprehensive and complete study of population variability of 452 individuals of Leontodon spp., at the level of the archipelago, through the application of four out of 24 putative microsatellites tested as molecular markers, also known as simple sequence repeats (SSR). As main results, L. rigens exhibits 77 alleles in total (average of 19.25), ranging from 13 for marker LR2A02 to 25 for LR4B08, and an overall excess of homozygotes (multilocus Fis=0.377, ranging from 0.117 for LR2A02 to 0.481 for LR4B08), while L. filii displays 59 alleles in total (average of 14.75), ranging from 11 for LR2A02 to 18 for LR4B08, and an overall excess of homozygotes (Multilocus Fis=0.078, ranging from -0.237 at locus LR2A02 to 0.577 at locus LR4B08). The two species have an equivalent value of rare alleles, 84.4% for L. rigens and 83.1% for L. filii. PCoA and Bayesian approach confirmed the existence of two well-confirmed groups, but pooled L.filii from Faial with L.rigens, various hypotheses to explain this pattern is discussed. Conservation measures should be applied to 11 populations of the island of São Miguel, six populations of the island of Pico, two from Terceira and one from São Jorge and Flores and the entire island of Corvo and Faial.
Descrição: Dissertação de Mestrado, Biodiversidade e Biotecnologia Vegetal, 24 de Fevereiro de 2012, Universidade dos Açores.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/4848
Designação: Mestrado em Biodiversidade e Biotecnologia Vegetal
Aparece nas colecções:DBIO - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoElisabeteFurtadoDias2012.pdf1,91 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.