Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/4842
Título: Turismo e biodiversidade : conhecer para conservar
Autor: Vieira, Andreia Melissa Parreira
Orientador: Azevedo, José Manuel Viegas de Oliveira Neto
Palavras-chave: Biodiversidade
Cetáceos
Fauna Aquática
Flora Endémica
Turismo de Natureza
Açores
Biodiversity
Endemic Plants
Azores Islands
Data de Defesa: 5-Fev-2018
Citação: Vieira, Andreia Melissa Parreira. "Turismo e biodiversidade: conhecer para conservar". 2018. 90 p.. (Dissertação de Mestrado em Biodiversidade e Biotecnologia). Ponta Delgada: Universidade dos Açores, 2017. [Consult. Dia Mês Ano]. Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10400.3/4842>.
Resumo: O presente relatório de estágio enquadra-se no âmbito do segundo ano do Mestrado em Biodiversidade e Biotecnologia, da Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade dos Açores. O estágio foi realizado na Futurismo, Empresa de Turismo Náutico Ltd, com a duração de 6 meses. Neste estágio pretendeu-se maioritariamente participar nas atividades terrestres e marítimas realizadas pela empresa de modo também a contribuir para a melhoria dos guiões de atividades da empresa. Para tal, na parte terrestre pretendeu-se analisar a distribuição de diversas espécies endémicas dos Açores ao longo de 4 trilhos na ilha de São Miguel: Cumeeira Grande e Cumeeira Pequena nas Sete Cidades, Lagoa do Fogo e Faial da Terra, de modo a perceber onde estas se distribuem em maior quantidade. Depois de obtida, esta informação foi comparada com mapas de distribuição já existentes. Analisou-se as distribuições de 12 plantas endémicas dos Açores: erva caniça (Holcus rigidus Hochst.), urze (Erica azorica Hochst. ex Seub.), patalugo maior (Leontodon filii Hochst. Ex Seub.), bracel (Festuca jubata Lowe), louro (Laurus azorica (Seub.) Franco), hera (Hedera azorica Carrière), azevinho (Ilex azorica Loes.), uva da serra (Vaccinium cylindraceum J. E. Sm.), pau branco (Picconia azorica (Tutin) Knobl.), Huperzia suberecta (Lowe) Tardieu, folhado (Viburnum treleasei Gand.) e sanguinho (Frangula azorica V. Grubow). As espécies mais avistadas foram a erva caniça, o patalugo e a urze e as menos avistadas o sanguinho e o pau branco. Na parte marinha, pretendeu-se realizar mapas de avistamento e analisar a frequência de avistamentos ao longo de 2016 das 4 espécies residentes no Arquipélago: o golfinho comum (Delphinus delphis Linnaeus, 1758), o golfinho roaz (Tursiops truncatus Montagu, 1821), o golfinho de Risso (Grampus griseus G. Cuvier, 1812) e o cachalote (Physeter macrocephalus Linnaeus, 1758), e observar o comportamento destes animais ao longo das viagens. Observou-se que, a espécie mais avistada ao longo do ano foi o golfinho comum, seguido do golfinho roaz, do cachalote e por último do golfinho de Risso. As espécies de golfinhos foram avistadas maioritariamente com comportamentos de alimentação e reprodução e os cachalotes com comportamentos de alimentação (mergulho com cauda) e socialização. Por fim, os catálogos de turismo da empresa sobre as espécies foram atualizados com novas informações e foram criados diversos posters com informação para o público.
ABSTRACT: This internship report is part of the second year of the Master's Degree in Biodiversity and Biotechnology, from the Faculty of Science and Technology, University of the Azores. The internship was held at Futurismo, Empresa de Turismo Náutico Ltd, for a duration of 6 months. For this internship it was intended mainly to participate in terrestrial and maritime activities carried out by the company and to contribute to the improvement of the company's activities. To do this, for the terrestrial component it was intended to analyze the distribution of several endemic species of the Azores along 4 trails on the island of São Miguel: Cumeeira Grande and Cumeeira Pequena in Sete Cidades, Lagoa do Fogo and Faial da Terra, in order to perceive where they are distributed in greater quantity. Once obtained, this information was compared to existing distribution maps. The distribution of 12 endemic plants of the Azores was studied: Holcus rigidus Hochst., Azorean heather (Erica azorica Hochst. Ex Seub.), Leontodon filii Hochst. Ex Seub., Festuca jubata Lowe, Azorean laurel (Laurus azorica (Seub.) Franco), Azorean ivy (Hedera azorica Carrière), Azorean holly (Ilex azorica Loes.), Azorean blueberry (Vaccinium cylindraceum JE Sm.), Azorean picconia (Picconia azorica (Tutin) Knobl.), Azorean Clubmoss (Huperzia suberecta (Lowe) Tardieu), Azorean laurustinus (Viburnum treleasei Gand.) and Azorean buckthorn (Frangula azorica V. Grubow). The most sighted species were the H. rigidus, the L. filii and the Azorean heather and the least sighted being the Azorean buckthorn and the Azorean picconia. For the marine component, it was intended to make sighting maps and to analyse the frequency of sightings during 2016 of the 4 resident species in the Archipelago: the common dolphin (Delphinus delphis Linnaeus, 1758), the bottlenose dolphin (Tursiops truncatus Montagu, 1821), the Risso’s dolphin (Grampus griseus G. Cuvier, 1812) and the sperm whale (Physeter macrocephalus Linnaeus, 1758), and perceive the behavior of these animals along the trips. It was observed that the species most sighted during the year was the common dolphin, followed by the bottlenose dolphin, the sperm whale and finally the Risso’s dolphin. Dolphin species were mostly sighted displaying feeding and breeding behaviors and sperm whales with feeding behaviors (fluke) and socialization. Finally, the company's catalogs of the species were updated with new information and various posters were created with information for the public.
Descrição: Dissertação de Mestrado, Biodiversidade e Biotecnologia, 05 de fevereiro de 2018, Universidade dos Açores.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/4842
Designação: Mestrado em Biodiversidade e Biotecnologia
Aparece nas colecções:DBIO - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoResumoIndIntrodAMPV2018.pdfResumo, Índice, Introdução453,82 kBAdobe PDFVer/Abrir
DissertMestradoAndreiaMelissaParreiraVieira2018.pdfDocumento Principal14,11 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.