Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/4634
Título: Impacto das atividades humanas sobre a floresta da reserva florestal de Inguane no Distrito Municipal KaNyaka, Maputo
Autor: Tomo, Gerson Titos
Orientador: Dias, Eduardo Manuel Ferreira
Palavras-chave: Biodiversidade
Conservação da Natureza
Reserva Florestal de Inguane
KaNyaka (Moçambique)
Moçambique
Biodiversity
Environmental Impact
Human Activities
Data de Defesa: 30-Out-2017
Citação: Tomo, Gerson Titos. "Impacto das atividades humanas sobre a floresta da reserva florestal de Inguane no Distrito Municipal KaNyaka, Maputo". 2017. 136 p.. (Dissertação de Mestrado em Gestão e Conservação da Natureza). Angra do Heroísmo: Universidade dos Açores, 2017. [Consult. Dia Mês Ano]. Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10400.3/4634>.
Resumo: O Distrito Municipal KaNyaka, faz parte de uma região internacionalmente reconhecida como um Hotspot de biodiversidade e como um centro de endemismo de plantas, a ecoregião de Maputaland, onde ocorrem mais de 230 espécies e subespécies de plantas endémicas. A População de KaNyaka, maioritariamente dependente dos recursos naturais para sua subsistência, está presentemente a observar um crescimento acompanhado por uma expansão desordenada ao longo do território, delapidando de forma progressiva e indiscriminada os recursos naturais e florestais em especial. Esta delapidação é efectuada sobre as florestas através de diferentes usos de solo. Considerando a preponderância do Distrito Municipal KaNyaka para a subsistência das comunidades locais, a sua importância ecológica e as crescentes pressões decorrentes das actividades humanas, a presente pesquisa propõe analisar o impacto das actividades humanas sobre a floresta da Reserva Florestal de Inguane em KaNyaka. A análise foi realizada por meio de exploração e comparação de indicadores de alteração funcional/estrutural da floresta (Biovolume total de plantas lenhosas e Composição Química do solo) colhidos em 50 pontos amostrais da Reserva Florestal de Inguane e da Ilha dos Portugueses. Identificou-se e mapeou-se as principais actividades humanas e determinou-se as distâncias mínimas dos pontos amostrais às actividades humanas e foram usadas como proxy de intensidade destas actividades. Os indicadores de alteração funcional/estrutural não mostraram grandes discrepâncias entre a Reserva de Inguane e a Ilha dos Portugueses, tendo sido observadas as maiores frequências de Biovolume nas primeiras classes tendendo a reduzir. Quanto à composição do solo a Ilha dos Portugueses apresentou maior teor de sais em relação à Reserva de Inguane. E por fim, as actividades humanas não apresentaram impactos significativos sobre a função/estrutura da Reserva Florestal de Inguane, devido à baixa intensidade dos distúrbios decorrentes destas actividades, que são realizadas dentro dos limites da resiliência do ecossistema garantindo a sustentabilidade. Não obstante, as regiões Central e Norte da Reserva de Inguane estão em maior iminência de sofrerem perturbações mais severas por actividades humanas.
ABSTRACT: The KaNyaka Municipal District is part of a region internationally recognized as a biodiversity hotspot and as a center of plant endemism, the Maputaland ecoregion, where occur more than 230 endemic species and subspecies of plants. The population of KaNyaka, which is mostly dependent on natural resources for its subsistence, is presently observing a growth accompanied by a disorderly expansion along the territory, gradually and indiscriminately depleting natural and forest resources in particular. This depletion is carried out on the forests through different land uses. Considering the preponderance of the KaNyaka Municipal District for the subsistence of local communities, their ecological importance and the increasing pressures caused by human activities, this research aims to analyze the impact of human activities on the forest of the Inguane Forest Reserve in KaNyaka. The analysis was performed through the exploration and comparison of indicators of forest functional/structural change (Total Biovolume of woody plants and Soil Chemical Composition) collected at 50 sampling points of the Inguane Forest Reserve and the Portuguese Island. The main human activities were identified and mapped and the minimum distances from sampling points to the human activities were determined and used as proxy of intensity of these activities. The indicators of functional/structural change did not show great discrepancies between the Inguane Reserve and the Island of the Portuguese, and the highest frequencies of Biovolume were observed in the first classes tending to reduce. Regarding the composition of the soil, the Portuguese Island presented higher salt content in relation to the Inguane Reserve. Finally, human activities did not have a significant impact on the function/structure of the Inguane Forest Reserve due to the low intensity of the disturbances resulting from these activities, which are carried out within the limits of ecosystem resilience, ensuring sustainability. Nevertheless, the Central and Northern regions of the Inguane Reserve are at greater imminence from being disturbed by human activities.
Descrição: Dissertação de Mestrado, Gestão e Conservação da Natureza, 30 de outubro de 2017, Universidade dos Açores.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/4634
Designação: Mestrado em Gestão e Conservação da Natureza
Aparece nas colecções:DCEA - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoResumoIndIntrodGTT2017.pdfResumo, Índice, Introdução629,31 kBAdobe PDFVer/Abrir
DissertMestradoGersonTitosTomo2017.pdfDocumento Principal3,99 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.