Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/4532
Título: Transição, praxe e resiliência. Estudos na Universidade dos Açores
Outros títulos: Transition, resilience and hazing. Studies at the University of the Azores
Autor: Caldeira, Suzana Nunes
Silva, Osvaldo
Sousa, Áurea
Mendes, Maria
Martins, Maria J.
Palavras-chave: Ensino Superior
Praxe Académica
Resiliência
Higher Education
Practice Hazing
Resilience
Data: 2017
Editora: Universidad de A Coruña, Facultad de Ciencias de la Educación
Citação: Caldeira, S. N.; Silva, O; Sousa, Á.; Mendes, M.; Martins, M.J. (2017). Transição, praxe e resiliência. Estudos na Universidade dos Açores. "Revista de Estudios e Investigación en Psicología y Educación", Vol. Extr., nº 14, pp. 195-199. DOI: https://doi.org/10.17979/reipe.2017.0.14.2906
Resumo: Investigou-se a resiliência em estudantes no Ensino Superior, com e sem vivência da praxe, e a relação entre resiliência e integração social. Participaram 163 estudantes do 1.º ano da Universidade dos Açores. Usou-se um questionário referente a dados pessoais, académicos e familiares, a Escala de Resiliência de Wagnild e Young (ER), o Questionário de Vivências da Praxe (QVP) e o Questionário de Integração Social no Ensino Superior (QISES). Os inquiridos apresentaram níveis moderados de resiliência, não sendo encontradas diferenças significativas entre os que vivenciaram e os que não vivenciaram a praxe. Constatou-se uma correlação positiva e estatisticamente significativa entre ER e QISES.
ABSTRACT: It was studied the resilience in the universities students, with and without experience of hazing, and the relationship between resilience and social integration. The sample was composed by 163 first-year students from the University of the Azores. Data were collected through a questionnaire about personal, academic and familiar topics, the Resilience Scale of Wagnild and Young (ER), the Hazing Living Questionnaire (QVP) and the Social Integration Questionnaire in Higher Education (QISES). Respondents presented moderate level of resilience; no significant differences were found between those who lived hazing and those who did not. There was a positive and statistically significant correlation between ER and QISES.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/4532
DOI: https://doi.org/10.17979/reipe.2017.0.14.2906
ISSN: 2386-7418
Aparece nas colecções:DME - Artigos em Revistas Internacionais / Articles in International Journals
CICS/A - Artigos em Revistas Internacionais / Articles in International Journals

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
REIPE Suzana et al 2017.pdf806,5 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.