Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/3409
Título: À descoberta das emoções sociais: vergonha e culpa : implementação e avaliação de duas sessões de um programa para a promoção de competências emocionais : um enfoque comunitário
Autor: Raposo, Carolina de Jesus Soares
Orientador: Carvalho, Célia Maria de Oliveira Barreto Coimbra
Palavras-chave: Autocrítica
Adolescente
Culpa
Emoção
Psicologia Social
Vergonha
Guilt
Psychopathological Symptoms
Self-Criticism
Shame
Data de Defesa: 12-Mar-2015
Citação: Raposo, Carolina de Jesus Soares. "À descoberta das emoções sociais: vergonha e culpa. Implementação e avaliação de duas sessões de um programa para a promoção de competências emocionais: um enfoque comunitário". 2015. 185 p.. (Dissertação de Mestrado em Psicologia da Educação, especialidade em Contextos Comunitários). Ponta Delgada: Universidade dos Açores, 2014.
Resumo: A vergonha e a culpa são emoções sociais com grande importância a nível individual e interpessoal. Estas emoções, por serem autoconscientes, causam sofrimento intrapsíquico em situações de transgressão ou fracasso. Apesar de semelhantes, são emoções distintas, uma vez que a vergonha envolve uma avaliação negativa do self global e a culpa envolve uma avaliação negativa de um comportamento específico. Estas emoções têm implicações no ajustamento psicológico do ser humano (Maia, 2009). Crê-se que a intervenção, numa ótica preventiva, das disfunções emocionais e comportamentos desajustados, pode passar pela promoção de competências emocionais, mais concretamente, pela identificação, diferenciação e regulação emocional. A presente investigação, de caráter misto, com enfoque na abordagem qualitativa e quasi-experimental, tem o propósito de avaliar a adequabilidade e a eficácia da 4ª e a 5ª sessão do programa "Alinha com a vida". Este estudo tem uma amostra de 421 alunos, todos eles a frequentar o 8º ano de escolaridade em diferentes escolas da Ilha de São Miguel. Desta amostra, 229 alunos pertencem ao grupo experimental e os restantes 192 ao grupo controlo. A recolha e a análise dos dados envolveram, não só uma abordagem qualitativa, como, também, quantitativa. A análise de conteúdo foi realizada através da técnica de observação e da análise de documentos inerentes ao programa "Alinha com a vida". Os dados quantitativos foram recolhidos através da Escala de Formas de Auto-Criticismo / Ataque e Auto-Tranquilizante (FSCRS); da Escala de Avaliação da Ansiedade, Depressão e Stress, versão de 21 itens (EADS-21); e da Escala de Vergonha Externa - Versão breve para Adolescentes (OASB-A). Os resultados sugerem que os adolescentes que participaram nestas sessões adquiriram competências ao nível da identificação, diferenciação e conhecimento da vergonha e da culpa. Durante a implementação das sessões, constatou-se que os alunos revelaram interesse pelas mesmas e apresentaram um bom desempenho. Tendo em conta o resultado da avaliação das sessões realizadas, estas foram avaliadas positivamente, tanto pelos alunos como pelos professores. Apesar de se verificar a aquisição de conhecimentos, por parte dos adolescentes, ao nível da identificação, diferenciação e conhecimento das emoções, averiguou-se que a implementação de apenas duas sessões, de promoção de competências emocionais ao nível destas emoções não é suficiente para provocar alterações, nos índices de vergonha externa, de autocriticismo e de sintomas psicopatológicos nos adolescentes, em função do tempo e do grupo. Apesar disso, quando analisados apenas os adolescentes com altos níveis de vergonha externa, foi possível verificar que estas mesmas variáveis mostraram algumas alterações, mostrando a pertinência destas sessões para este grupo.
ABSTRACT: Shame and guilt are social emotions with a great importance, to the individual and interpersonal level. These emotions, being self-conscious, intrapsychic cause suffering in situations of transgression or failure. Altrought the like are different emotions, since the shame involves a negative evaluation and the overall self fault involves a negative evaluation of a specific behavior. The emotions have consequences on the psychological adjustment of human (Maia, 2009). It is believed that intervention in a prevention perspective, the emotional dysfunctions and maladaptative behaviors, can pass through the promotion of emotional competence, specifically, the identification, differentiation and emotion regulation. The present investigation of mixed approach, with a focus on qualitative and quasi-experimental, aims to assess the adequacy and effectiveness of the 4th and 5th session of the program "Alinha com a vida". This study has a sample of 421 students, all attending 8th grade at different schools in the Island of São Miguel. From this sample 229 students belonging to the experimental group and the remaining 192 to the control group. The collection and analysis of data involved, not only a qualitative approach, as also using the technique of observation and analysis of documents related to the program "Alinha com a vida". Quantitative data were collected through the Forms of self-critizing/attracking and self-reassuring scale (FSCRS); of the scale for assessment of anxiety, depression and stress, version-21 items (EADS-21); and the scale the other shame-brief version of adolescents (OASB-A). The results suggest that adolescents who participated in these, sessions have acquired skills in the identification, differentation and knowledge of shame and guilt. During the implementation of the sessions, it was found that students showed interest in them and showed good performance. Having regard to the evaluation result of the meetings, they were positively evaluated by both students and teachers. Although there is the acquisition of knowledge on the part of adolescents in identifying, differentiating and understanding of emotions, it was verified that the implementation of only two sessions, promotion of emotional competence at the level of these emotions is not sufficient to cause changes in rates of other shame, self-criticism and the psychopatological symptons in adolescents as a function of time and group. Nevertheless, when analysing only the adolescents with high levels of other shame, we found that these shame variables showed some changes, showing the relevance of these sessions for this group.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia da Educação, especialidade em Contextos Comunitários.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/3409
Designação: Mestrado em Psicologia da Educação
Aparece nas colecções:DEDU - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoCarolinaJesusSoaresRaposo2015.pdf1,65 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.