Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/3237
Título: O financiamento da economia dos Açores
Autor: Gomes, Vílson Filipe da Costa Ponte
Orientador: Fortuna, Mário José Amaral
Palavras-chave: Economia
Financiamento
Sector Transacionável
Teoria da Doença Holandesa
Açores
Financing
Dutch Disease
Tradable
Non-tradable
Azores
Data de Defesa: 26-Nov-2014
Citação: Gomes, Vílson Filipe da Costa Ponte. "O financiamento da economia dos Açores". 2014. 129 p.. (Dissertação de Mestrado em Ciências Económicas e Empresariais). Ponta Delgada: Universidade dos Açores, 2014.
Resumo: O presente estudo analisa o financiamento da economia dos Açores, no período compreendido entre 1992 e 2012 e, simultaneamente, investiga se os Açores apresentam sintomas semelhantes aos previstos na Teoria da Doença Holandesa e até que ponto o financiamento da Região provocou um efeito equivalente ao sugerido nesta teoria. Na análise à economia dos Açores, constatou-se que, nos últimos anos, a Região suporta com poupança interna apenas metade do crédito utilizado, o que leva a recorrer à poupança externa para o financiamento da sua atividade, onde as transferências recebidas pela Região, nomeadamente, Transferências do Orçamento do Estado e Transferências da União Europeia, se apresentam como preponderantes na estrutura da economia dos Açores. Utilizando cinco modelos empíricos, procurou-se analisar o comportamento do setor transacionável e não transacionável e, simultaneamente, testar o impacto da entrada de recursos externos. Para isso, recorreu-se ao método de regressão linear múltipla, através da utilização do programa SPSS (Statistical Package for the Social Sciences). Nos resultados obtidos observa-se a diminuição de atividades transacionáveis, em consequência da deslocação de indivíduos empregados no setor transacionável para o setor não transacionável e verifica-se que a entrada de recursos externos originam um crescimento de atividades não transacionáveis, privilegiando, assim, o consumo interno e a desvirtuar o equilíbrio entre os bens transacionáveis e não transacionáveis. Por fim, os resultados evidenciam a presença de sintomas semelhantes aos previstos na Teoria da Doença Holandesa na Região Autónoma dos Açores (RAA).
ABSTRACT: The present study analyses the financing of the Azorean economy, in the time between 1992 and 2012, as well as it investigates if the Azores show symptoms similar to those mentioned in the Dutch Disease Theory and determines to what extent the financing of the Region produced an equivalent effect to the one implied in this theory. In the analysis of the Azorean economy, we found that, over the past years, the Region has endured with domestic savings only half of the credit used, a fact that leads to having to resort to foreign savings for the financing of its activity, in which the transfers received by the Region, namely Transfers from the State Budget and Transfers from the European Union, appear to be predominant regarding the structure of the Azorean economy. Using five empirical models, we tried to analyse both the behavior of the tradable and non-tradable sectors and, at the same time, test the impact of the input of external resources. In order to do so, we used the multiple linear regression method, through the SPSS program. In the results obtained, we observed the decrease of tradable activities in consequence of moving individuals employed in the tradable sector into the non-tradable sector and we confirmed that the input of external resources creates an increase of non-tradable activities, thus favouring domestic consumption and distorting the balance between tradable and non-tradable assets. Finally, the results prove the presence of symptoms similar to those comprised in the Dutch Disease Theory in the Autonomous Region of the Azores.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Ciências Económicas e Empresariais.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/3237
Designação: Mestrado em Ciências Económicas e Empresariais
Aparece nas colecções:DGST - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoVilsonFilipeCostaPonteGomes2014.pdfDissertação de Mestrado1,13 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.