Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/3104
Título: Identidade, globalização e açorianidade
Autor: Pimentel, Afonso Alberto Pereira
Orientador: Gil, Ana Cristina Correia
Palavras-chave: João de Melo (1949-....)
José Martins Garcia (1941-2002)
Vitorino Nemésio (1901-1978)
Açorianidade
Globalização
Identidade Regional
Data de Defesa: 31-Mar-2014
Citação: Pimentel, Afonso Alberto Pereira. "Identidade, globalização e açorianidade". 2014. 83 p.. (Dissertação de Mestrado em Estudos Interculturais: Dinâmicas Insulares). Ponta Delgada: Universidade dos Açores, 2013.
Resumo: […]. Além da introdução, que procura explicitar os seus objetivos e contexto, o presente trabalho subdivide-se em sete partes, detendo-se a segunda delas na abordagem do processo, dos mecanismos e das problemáticas que respeitam à fixação tanto da identidade individual como das diversas, complementares e/ou conflituantes identidades coletivas. Num terceiro ponto, o destaque vai para o debate instalado em torno da globalização, seguindo-se-lhe o tratamento dos temas da insularidade e da açorianidade, nos quarto e quinto títulos. Com estas duas últimas secções pretende-se lançar e enquadrar o título mais desenvolvido da dissertação − marcas de açorianidade −, que procede a uma análise orientada para a identificação de conteúdos eventualmente definidores do modo de vida do açoriano nos romances Mau Tempo no Canal, de Vitorino Nemésio, Contrabando Original, de José Martins Garcia e Gente Feliz com Lágrimas, de João de Melo. Contextualizada a problemática das identidades e apontados alguns dos que serão os mais relevantes traços definidores da açorianidade, avança-se, para o título das conclusões, que lançam o questionamento sobre as ameaças colocadas pela nova globalização à preservação da identidade regional. O presente trabalho encerra com um epílogo de reflexão pessoal, o qual assume a convicção de que para garantir uma verdadeira realização ao homem contemporâneo importa assegurar condições à convivência e complementaridade das identidades regional, nacional e global, o que não é impossível mesmo num tempo que tende à hegemonização. […].
Descrição: Dissertação de Mestrado, Estudos Interculturais (Dinâmicas Insulares), 31 de Março de 2014, Universidade dos Açores.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/3104
Aparece nas colecções:DLLC - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoResumoIndIntrodAAPP2014.pdfResumo, Índice, Introdução170,17 kBAdobe PDFVer/Abrir
DissertMestradoAfonsoAlbertoPereiraPimentel2013.pdfDissertação de Mestrado520,64 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.