Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/983
Título: Da origem inglesa dos Almadas : genealogia de uma ficção linhagística.
Autor: Riley, Carlos Guilherme
Palavras-chave: Antão de Almada
Genealogia
Data: 1989
Editora: Universidade dos Açores
Citação: "ARQUIPÉLAGO. História". Vol. 11 (1989): 153-169.
Relatório da Série N.º: História;Vol. 11
Resumo: "Em 1641, logo após a Restauração, D. Antão de Almada é enviado por D. João IV como chefe de uma embaixada ao Rei de Inglaterra e, na carta a este dirigida, o monarca português frisa que «me pareceo enviar a V. Mgde. por meus embaixadores a D. Antão de Almada do meu concelho que tem origem da antígua nobreza de Inglaterra». Por meados do século XVII já se via assim consagrado, e pela boca do fundador da dinastia de Bragança, um dos aspectos mais prezados da memória linhagística dos Almadas: a origem inglesa da família. Situação a diversos títulos peculiar porque, primeiro, é o próprio rei português a corroborar a componente imaginária que molda o mito fundacional dos Almadas e, segundo, porque esse aspecto particular da sua tradição linhagística era, à altura, de uma extrema modernidade. […]".
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/983
Aparece nas colecções:ARQ - Hist1s - Vol 11 (1989)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
CarlosGuilhermeRiley_p153-169.pdf167,73 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.