Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/973
Título: O problema do pardal nos Açores II - O caso da ilha Terceira.
Autor: Furtado, Duarte
Palavras-chave: Pardal
Passer domesticus
Pragas Agrícolas
Protecção Integrada
Açores
Ilha Terceira
Data: Jul-1980
Editora: Direcção Regional de Extenção da Secretaria Regional da Agricultura e Pescas.
Citação: FURTADO, D.S., (1980). O problema do pardal nos Açores II - O caso da ilha Terceira. "Informação Agrícola", 15: 4-5.
Relatório da Série N.º: Informação Agrícola;15
Resumo: O caso da ilha Terceira neste momento mostra-se bastante diferente do de S. Miguel, uma vez que esta ilha já está colonizada. Um levantamento efectuado em Fevereiro de 1978, permitiu-nos observar como as populações de pardais podem saturar o meio. Contamos os pardais durante uma semana, embora o mau tempo que se fazia sentir (chuva e vento forte) não nos favoreceu a obtenção de dados precisos, razão pela qual o número estimado de pardais observados em cada zona foi obtido em função de cada hora de observação. As contagens foram feitas a pé e à velodade de 5 a 6 Km por hora com dois observadores. Numerosas observações sobre o terreno pemitiu-nos desenhar a carta de repartição para a ilha Terceira. Os pardais localizam-se nas zonas urbanizadas estando a sua densidade directamente ligada a superfície das culturas. Apesar do sedentarismo e gregarismo desta espécie, cremos que o mês de Fevereiro não nos parece o mais indicado nem o ideal para se efectuar estas contagens, uma vez que as aves deslocam-se durante o dia para os terrenos cultivados à procura de alimento, terrenos estes que se situam sempre muito próximos dos centros urbanizados. Por conseguinte, o período mais indicado seria o de Maio/Junho, durante a época de nidificação.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/973
Aparece nas colecções:DBIO - Jornal ou Revista / Newspaper or Magazine

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
O problema do pardal nos Açores II - O caso da ilha Terceira.pdf553 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.