Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/906
Título: Contribuição para o estudo da flora e vegetação da ilha de S. Jorge (Açores).
Autor: Oliveira, José N. B.
Maciel, Graciete Belo
Pereira, Maria João
Moura, Mónica
Furtado, Duarte
Medeiros, Margarida C.
Palavras-chave: Espermatófitos Endémicos
Fenologia
Flora Indígena
Ilha de São Jorge (Açores)
Meio Ambiente
Data: Jun-1993
Editora: Universidade dos Açores
Citação: OLIVEIRA, J.N.B., G.B. MACIEL, M.J. PEREIRA, M. MOURA, D.S. FURTADO & M.C. MEDEIROS, (1993). Contribuição para o estudo da flora e vegetação da ilha de S. Jorge (Açores). "Relatórios e comunicações do Departamento de Biologia", 21: 49-54.
Relatório da Série N.º: Relatórios e Comunicações do Departamento de Biologia;21
Resumo: Segundo PEREIRA (1982), a superfície agrícola ou utilizada que compreende as culturas anuais, arvenses, frutícolas ou outras em subcoberto é de 8%; a superfície florestal principal dizendo respeito a todo o coberto lenhoso com finalidade produtiva ou de protecção à natureza é de 1.4%; a área de incultos e baldios, na qual se incluem leitos e ribeiras hidrográficas em zonas não habitadas é de 0,6 % e a superfície social ocupada pelos aglomerados populacionais, espaços públicos, arruamentos, aeroportos, orla marítima e molhes, bem como lagos e lagoas é de 0,4%. A flora indígena, i. e. a existente à data do descobrimento da ilha é hoje muito difícil de precisar, sendo certo que, até aos nossos dias, muitas são as espécies vegetais que, voluntária ou involuntariamente foram introduzidas. Ao longo dos anos, as comunidades vegetais foram assim sendo progressivamente constituídas em equilíbrio dinâmico com os factores do meio ambiente e com intervenção Humana. Com ecossistemas muito frágeis e uma diversidade florística bastante variável, estas comunidades vegetais indígenas quase desapareceram, encontrando-se restritas a locais de difícil acesso e ameaçadas pela crescente invasão de exóticas, manifestando por conseguinte uma maior ou menor degradação da sua composição. Observações acerca da distribuição, status e fenologia dos espermatófitos endémicos.
Descrição: VII Expedição Científica do Departamento de Biologia - São Jorge e Topo - 1992.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/906
Aparece nas colecções:DBIO - Relatórios Técnicos / Technical Reports

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Contribuição para o estudo da Flora e Vegetação da Ilha de S. Jorge (Açores)..pdf788,71 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.