Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/846
Título: O problema da Lagarta-das-pastagens na ilha do Pico (Açores)
Autor: Tavares, João
Palavras-chave: Lagarta das Pastagens
Mythimna unipuncta (Haworth)
Ilha do Pico (Açores)
Data: 1979
Editora: Instituto Universitário dos Açores
Citação: TAVARES, J., (1979). O problema da Lagarta-das-pastagens na ilha do Pico (Açores). "Relatórios e Comunicações do Laboratório de Ecologia Aplicada, Instituto Universitário dos Açores": 1-9.
Resumo: Registado como pertencente à fauna entomológica dos Açores por GIBSON (1915), o Lepidoptero Noctuídeo Mythimna (Cirphis) unipuncta HAWORTH é conhecido vulgarmente por "lagarta das pastagens" (a army-worm dos entomologistas Americanos). Devido ao seu carácter endémico e cíclico, vem-se verificando um aumento progressivo das populações desta praga, que culminou em 1970 com uma infestação sem precedentes. Durante a época estival as culturas de gramíneas, a começar pelo trigo, foram atacadas seriamente passando a praga para o milho e depois para as pastagens. As ilhas mais afectadas foram o Faial, Graciosa e S. Miguel. Nesta última, os estragos foram os mais elevados. Desde esta época e devido ao desaparecimento progressivo das culturas de trigo e milho, substituídas por pastagem, a praga adaptou-se de forma notável a esta última, só esporadicamente aparecendo noutras culturas. Esta adaptação da praga à pastagem chamou para ela a atenção do sector agro-pecuário açoreano, sendo a sua presensa observada com diferentes densidades em todas as ilhas do arquipélago. Temos verificado que as larvas de M. unipuncta apresentam indícios de possuirem uma diapausa facultativa. Isto é no campo, sob condições climatéricas adversas, os últimos estados larvares podem apresentar diapausa, apresentando-se as L5 e L6 enroladas sobre si próprias e inactivas. Trazidas para laboratório, sob condições de temperatura, fotoperíodo e humidade relativa favoráveis (22ºC ± 2ºC, fotofase de 16 horas e H.R. 70% ± l0%) estas larvas em diapausa reactivam e iniciam um ciclo biológico normal. No campo, esta reactivação inicia-se no princípio da Primavera (GARCIA & TAVARES 1979, em publicação).
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/846
Aparece nas colecções:DB - Relatórios Técnicos / Technical Reports

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
O problema da Lagarta-das-pastagens na ilha do Pico (Açores).pdf4,67 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.