Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/843
Título: Moluscos terrestres das Flores. Lista preliminar.
Autor: Martins, António M. de Frias
Cunha, Regina Tristão da
Brito, Carlos P.
Backeljau, Thierry
Palavras-chave: Endemismo
Balea nitida Mousson
Malacofauna Terrestre
Morfologia Externa
Leptaxis Lowe
Phenacolimax (Insulivitrina) finitima
Ilha das Flores (Açores)
Data: Jun-1990
Editora: Universidade dos Açores
Citação: MARTINS, A.M.F., R.T. CUNHA, C. BRITO & T. BACKELJAU, (1990). Moluscos terrestres das Flores. Lista preliminar. "Relatórios e Comunicações do Departamento de Biologia", 18: 39-45.
Relatório da Série N.º: Relatórios e Comunicações do Departamento de Biologia da Universidade dos Açores;18
Resumo: A ilha das Flores, a mais ocidental e geologicamente uma das mais antigas do Arquipélago, regista uma das mais baixas taxas de endemismos na malacofauna terrestre Açoriana. Até ao presente, não sem alguma discórdia, apenas duas espécies, Balea nitida Mousson, 1858 e Phenacolimax (Insulivitrina) finitima (Morelet, 1860), são geralmente consideradas endémicas naquela ilha. Simroth (1889, fide Backhuys, 1975) sinonimizou com Phenacolimax (I.) pelagica (Morelet, 1860) todas as outras espécies daquele género descritas por este autor. Nobre (1924) não reconheceu a espécie descrita por Mousson, que sinonimizou com a europeia Balea perversa (L., 1758), e pôs reservas quanto às sete espécies de Phenacolimax stabile descritas por Morelet, admitindo também que um estudo mais aprofundado poderia vir a reduzir o número de espécies daquele género; Hoffmann (1929, fide Backhuys, 1975) reduziu-as a três. Riedel (1964), que fez a revisão dos Zonitidae açorianos baseado em material recolhido por P. Brinck e E. Dahl em 1957, não teve acesso a exemplares das Flores. Backhuys (1975) seleccionou as Flores como localidade tipo para Balea nitida Mousson, mencionou uma possível nova espécie de Actinella Lowe e, de modo preliminar e sem justificação descritiva, considerou P. (I.) finitima como parte daquilo que aquele autor chama 'complexo Phenacolimax (I.) brumalis (Morelet)'. O material recolhido na Expedição FLORES/89 veio revelar uma taxa de endemismos mais elevada, aparentemente mais conforme com a idade e o isolamento da ilha. Assim: (i) o subgénero Drouetia Gude, numa análise preliminar, deverá contar com duas, provavelmente três espécies novas; este subgénero, endêmico nos Açores, é objecto de estudo por um dos autores (AMFM) e terá apropriado tratamento em tempo oportuno; (ii) observação da morfologia externa do animal e da concha mostrou que poderá existir mais uma espécie de Phenacolimax para além daquela dada por Morelet para as Flores; o estudo desta espécie fará parte de um projecto de trabalho de um dos autores (CPB), a iniciar-se brevemente; (iii) aparentemente confirmam-se as suspeitas de Backhuys (1975) quanto ao género Actinella nas Flores; o material recolhido constituirá, em breve, objecto de revisão por um dos autores (RTC); (iv) finalmente, a descrição de uma nova espécie de Leptaxis Lowe foi levada a cabo por dois dos autores (AMFM e TB) e está em vias de publicação. Poderá, deste modo e em breve ser o número de endemismos das Flores aumentado significativamente, o que virá a modificar o cenário zoogeográfico do Arquipélago.
Descrição: IV Expedição Científica do Departamento de Biologia – Flores 1989.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/843
Aparece nas colecções:DB - Relatórios Técnicos / Technical Reports

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Moluscos terrestres das Flores. Lista preliminar..pdf801,12 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.