Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/761
Título: Controlo biológico da traça-da-uva Lobesia botrana DEN & SCHIFF (Lep., Tortricidae) pelo emprego de Trichogramma cacoeciae MARCHAL (Hym., Trichogrammatidae)
Autor: Tavares, João
Oliveira, Luísa
Teixeira, Rita
Anunciada, Lorete
Moreira, Ilídio
Santos, Felisbela
Madeira, Delfina
Henriques, Luísa
Matias, Helena
Palavras-chave: Lobesia botrana (Lep., Tortricidae)
Traça-da-Uva
Trichogramma cacoeciae (Hym., Trichogrammatidae)
Bombarral
Santarém
Data: 1989
Editora: Sociedade Portuguesa de Entomologia
Citação: TAVARES, J., L. OLIVEIRA, R. TEIXEIRA, L. ANUNCIADA, I. MOREIRA, F. SANTOS, D. MADEIRA, L. HENRIQUES & H. MATIAS, 1989. Controlo biológico da Traça-da-uva Lobesia botrana DEN & SCHIFF (Lep., Tortricidae) pelo emprego de Trichogramma cacoeciae MARCHAL (Hym., Trichogrammatidae). "Boletim da Sociedade Portuguesa de Entomologia", 103 (IV-1): 1-11.
Relatório da Série N.º: Bolm Soc. port. Ent.;103 (IV-1)
Resumo: Trichogramma cacoeciae MARCHAL, poderá ser um potencial controlador de Lobesia botrana DEN & SCHIFF. Cerca de 350 000 Trichogramma / ha foram largados por cada geração da traça-da-uva em vinhas do Bombarral e Santarém. Os resultados obtidos são promissores apesar da fraca densidade da praga nos últimos anos.
ABSTRACT: The Trichogramma cacoeciae MARCHAL may be a potential controller of Lobesia botrana DEN & SCHIFF. About 350 000 Trichogramma per hectare were dropped by each generation of the European grape moth were released in Bombarral and Santarém vineyards. The results were very promising, although the late years Trotricid low density observed.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/761
ISSN: 0870-7227
Aparece nas colecções:DB - Artigos em Revistas Nacionais / Articles in National Journals



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.