Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/734
Título: Breve caracterização da flora vascular picoense
Autor: Pereira, Maria João
Furtado, Duarte
Gomes, Sandra
Medeiros, Carlos
Câmara, Helena
Ogonovsky, Mathias
Arruda, Rafael
Cordeiro, Adriano
Telhado, Elisa
Coelho, David
Palavras-chave: Flora Vascular
Unidades Taxonómicas
Ilha do Pico (Açores)
Data: Jun-2006
Editora: Universidade dos Açores
Citação: "XII expedição científica do Departamento de Biologia" / Universidade dos Açores. - Ponta Delgada : Universidade dos Açores, 2006. - p. 107-119
Relatório da Série N.º: Relatórios e Comunicações do Departamento de Biologia da Universidade dos Açores;34
Resumo: Uma breve caracterização da flora vascular da ilha do Pico é feita a partir da análise do seu catálogo de plantas vasculares (Pereira et al., 2006). A flora vascular Picoense fora de cultivo compreende no momento 642 unidades taxonómicas diferentes (taxa) representadas por 634 espécies, 375 géneros e 118 famílias. O número de taxa introduzidos representa 70,5% do total dos taxa presentes, enquanto a percentagem de taxa nativos se cifra apenas pelos 26,0%. No entanto 43,1% dos taxa nativos que ocorrem no Pico são endémicos dos Açores ou da Macaronésia. A distribuição das espécies nos grandes grupos taxonómicos (Pteridophyta, Gymnospermae, Dicotyledoneae e Monocotyledoneae) difere com significado estatístico entre as espécies nativas e introduzidas. A contribuição das espécies introduzidas é maior a nível das dicotiledóneas e menor a nível dos pteridófitos quando comparada com a distribuição das espécies nativas.
ABSTRACT: A short characterization of the vascular flora of Pico Island is made from the analysis of it’s checklist of vascular plants (Pereira et al., 2006). The flora of Pico Island is at the moment represented by 642 different taxa, 634 species, 375 genera and 118 families. The number of introduced species represents 70,5% of the total species while the native species correspond only to 26,2 %. About 43,1% of the native taxa are endemic to Azores or Macaronesia. The species distribution on the main taxonomic groups (Pteridophyta, Gymnospermae, Dicotyledoneae e Monocotyledoneae) is significantly different between native and introduced species. The contribution of introduced species is superior in the Dicotyledoneae and inferior in the Pteridophyta when compared with the native species.
Descrição: XII Expedição Científica do Departamento de Biologia - Pico 2005.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/734
ISBN: 972-8612-29-X
Aparece nas colecções:DB - Relatórios Técnicos / Technical Reports

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Breve caracterização da flora vascular picoense.pdf278,5 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.