Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/549
Título: Reflexão sobre Antero
Autor: Fraga, Gustavo de
Palavras-chave: Antero de Quental (1842-1891)
Filosofia
Data: Jan-1979
Editora: Instituto Universitário dos Açores
Citação: "ARQUIPÉLAGO. Série Ciências Humanas". Nº. 1 (Jan. 1979): 9-41
Relatório da Série N.º: Ciências Humanas;Nº. 1
Resumo: “[….]. Antero de Quental, cuja vida se estende entre 1842 e 1891, continua a ser na óptica contemporânea uma das figuras mais dominantes e complexas da sua época. Não cremos que seja possível interpretá-lo linearmente através de processos puros de erudição ou documentação, sem a consideração da sua estrutura anímica e do condicionalismo dos modelos e géneros literários em que se enquadram influências que impelem para uma evolução, influências e motivações incessantes e divergentes, compartimentadas em formas de expressão diferentes: o Antero poeta, o Antero filósofo, o Antero político, o Antero habitual e da correspondência íntima. […]”
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/549
Aparece nas colecções:ARQ - SCH - N 01 (1979)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
GustavodeFraga_p9-41.pdf330,57 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.