Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/536
Título: Consumos juvenis e atitudes ambientais : um estudo exploratório das perspectivas dos alunos do Ensino Secundário na ilha do Pico (Açores)
Autor: Pinto, Jacycarla Silva Thé
Orientador: Gabriel, Rosalina
Arroz, Ana Margarida Moura
Palavras-chave: Ambiente
Cidadania
Consumo
Sociedade
Citizenship
Consumption
Environment
Society
Ilha do Pico (Açores)
Data de Defesa: 21-Mai-2010
Resumo: As problemáticas ambientais ocupam um lugar central nas preocupações da sociedade contemporânea. Partindo da perspectiva do desenvolvimento sustentável e dos questionamentos que o conceito suscita, examina-se o cenário actual de modo a compreender os problemas decorrentes da relação existente entre a sociedade e ambiente. Inúmeros problemas ambientais tem sido estudados no meio académico, mas a questão do consumo emerge como fundamental para uma sociedade sustentável. Assim, este trabalho investiga a compreensão das perspectivas ambientais dos jovens e da sua articulação com as disposições e práticas de consumo. O objectivo principal deste estudo situa-se, assim, ao nível da caracterização das práticas de consumo e atitudes ambientais. A influência exercida pelo nível de consciência ambiental do jovem consumidor e das suas atitudes em relação ao consumo sustentável foram apreciadas, na Ilha do Pico - Açores, através da aplicação de inquéritos por questionário. O trabalho foi realizado dentro das três escolas desta ilha, abrangendo o total dos alunos do secundário e os cursos profissionais, num total de 339 alunos, matriculados. Uma das suas principais mais valias deste estudo reporta-se precisamente ao facto de disponibilizar informação relativamente à generalidade dos alunos do ensino secundário na Ilha do Pico. Quando questionados em relação aos critérios de consumo, os jovens, na sua maioria, responderam que compravam por “Gostar”, resposta que sinaliza alguma irreflexão. No entanto a questão ambiental não lhes passa despercebida. De acordo com as respostas obtidas na aplicação da escala do Novo Paradigma Ecológico, a prudência representa a norma subjectiva deste grupo, incluindo mais de metade dos jovens (58,6%). O peso relativo da confiança, de cerca de um quinto dos inquiridos (19,7 + 2,6%) é ainda menor se atendermos a que a generalidade convive com crenças de carácter aparentemente irreconciliável e típicas dos dois paradigmas em presença na escala NEP. Na percepção destes jovens as soluções para os problemas ambientais relacionados com o consumo é uma responsabilidade directa dos seres humanos. No geral as respostas dos inquiridos deixam subentender a necessidade de um maior debate público sobre o tema, de forma que haver maior consciencialização e responsabilização individual. Espera-se que esta pesquisa possa contribuir para o delineamento de políticas e programas de intervenção no âmbito da cidadania, de modo a ajudar na formação de jovens mais ambientalmente conscientes do impacto das suas atitudes e valores, sobre o meio ambiente. Espera-se ainda contribuir para o desenvolvimento do conhecimento sobre a articulação entre a consciência ambiental e o consumo em jovens portugueses.
ABSTRACT: The environmental issues are central concerns in contemporary society. Starting from the perspective of sustainable development and the questions that this concept raises several glances cast to the current scenario in search of analysis for understanding the problems arising from the relationship between the society and the environment. Many environmental problems have been studied in academia, but the issue of consumption emerges as fundamental so that we can envision a sustainable society. And before the emergence of the subject, this work comes together to understand the environmental perspectives of young people and their articulation with the provisions and practices of consumption. The aim of this study lies therefore at the characterization of consumer habits and attitudes. The influence of the level of environmental awareness of young consumers and their attitudes towards sustainable consumption were assessed in Pico Island - Azores, through the use of questionnaire surveys. The work was conducted in three schools on the island, covering all students in secondary and vocational courses, a total of 339 students enrolled. One of their biggest gains of this study refers specifically to the fact that now there is available information about the majority of secondary school students on the island of Pico. The results indicate that among the general problems facing society as a whole, the students, when questioned about the power criteria, most responded that when shopping, "Like" is the answer most evident. This indicates some thoughtlessness. However the issue of consumption and its impact on the environment is not lost for these people. Prudence is the subjective standard of this group, including more than half of young people (58.6%) according to the responses obtained with the application of the scale of the New Ecological Paradigm. The relative importance of trust, about one fifth of respondents (19.7 + 2.6%) is even smaller if we consider that the generally coexists with belief seemingly irreconcilable nature and typical of the two paradigms in the presence NEP scale. In the perception of these young people the solutions of these problems related to consumption is a direct responsibility of Human race. In general, the respondents answers implied the need for greater public discussion of the subject, so that it can be more widespread. It is hoped that this research can contribute to the design of policies and intervention programs as part of citizenship in order to assist in the training of young people more environmentally aware of the impact of their attitudes and values about the environment. It is also hoped to contribute to the development of knowledge about the relationship between environmental awareness and consumption in young Portuguese.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Gestão e Conservação da Natureza
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/536
Aparece nas colecções:DCA - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoJacycarlaPinto2010.pdf985,74 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.