Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/459
Título: Ordenamento e mobilidade sustentável : contributos para a adaptação às alterações climáticas
Autor: Braga, Ana Figueiredo Nunes
Orientador: Calado, Helena Maria Gregório Pina
Palavras-chave: Alteração Climática
Mobilidade Sustentável
Ordenamento do Território
Climate Change
Planning
Sustainable Mobility
Data de Defesa: 23-Fev-2010
Resumo: É cada vez mais universal o consenso que há causas das alterações climáticas que são de origem humana e estão directamente relacionadas com a emissão de gases com efeito estufa para a atmosfera, devido à combustão de combustíveis fósseis e alteração no uso dos solos. Esta mudança climática global constitui uma ameaça sem precedente sobre a humanidade e sobre a natureza. As suas consequências irão ter impactos do ponto de vista social, económico e político, inevitáveis neste século. Desta forma, cabe também ao ordenamento do território e aos instrumentos de gestão territorial gerir de forma sustentada a relação do homem com o ambiente natural, com o objectivo de minimizar, quer os fenómenos na origem das alterações do clima, quer os seus impactos. Neste sentido, verifica-se que os contributos que o ordenamento do território pode ter na perspectiva da mobilidade sustentável são os da promoção de políticas de uso do solo, sistemas de transporte e sistemas logísticos que tenham como objectivo o aumento da eficiência energética e a redução da poluição e do congestionamento, melhorando a qualidade de vida e as emissões de gases com efeito estufa para a atmosfera. Pretende-se com este trabalho apresentar a comparação de dois cenários de emissão de gases com efeito estufa: um em que são assumidas as áreas e formas urbanas programadas nos Instrumentos de Gestão Territorial e analisam-se comportamentos relativos ao transporte particular e colectivo; e um segundo cenário em que há reformulação das áreas e formas urbanas a programar e assume-se um comportamento responsável ao nível dos transportes colectivos.
ABSTRACT: There are causes of climate change that are of human origin and are directly related to the emission of greenhouse gases into the atmosphere due to burning of fossil fuels and changes in land use. This global climate change threatens unprecedented about humanity and about nature and, its consequences will have impacts in terms of social, economic and political development, inevitable in this century. Thus, it is for land and their land management instruments to manage sustainably man's relationship with the natural environment, in order to minimize both the originating climate change or its impacts. In this sense, it appears that the contributions that regional planning can have on sustainable mobility are promoting policies of land use, transportation systems and logistics systems that aim to increase energy efficiency and reducing pollution and congestion, improving the quality of life and emissions of greenhouse gases into the atmosphere. The intention of this work is to compare the two emission scenarios of greenhouse gases: one in which they assumed all urban areas in Territorial Management instruments and analyzes the behavior related to private and collective transport, and a second scenario where there is the framing of urban areas and ways to plan and assumes a responsible level of public transport.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Ordenamento do Território e Planeamento Ambiental
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/459
Aparece nas colecções:DB - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoAnaFNBraga.pdf5,15 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.