Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.3/4377
Title: O contributo do conceito de instituição total para uma leitura empírica de um contexto educativo
Other Titles: The contribution of the concept of total institution to an empirical reading of an educational context
Author: Serpa, Sandro Nuno Ferreira
Keywords: Instituição Total
Fechamento Organizacional
Autonomia dos Atores Organizacionais
Asilo de Infância Desvalida da Horta
Organização Educativa
Total Institution
Organisational Closing
Autonomy of Organisational Actors
Educational Organisation
Issue Date: 2014
Citation: Serpa, S. (2014). O contributo do conceito de instituição total para uma leitura empírica de um contexto educativo. In Atas do VIII Congresso Português de Sociologia "40 Anos de Democracia(s): progressos, contradições e prospetivas", Évora: Universidade de Évora.
Abstract: Tratando-se o conceito de instituição total um clássico da sociologia, este trabalho procura discutir a sua aplicação a nível empírico num contexto educativo de internato de crianças e jovens – o Asilo de Infância Desvalida da Horta – focando, para o efeito, alguns episódios de desarmonia na socialização organizacional acontecidos com algumas Diretoras Regentes e, também, com uma internada. Para esse fim, serão mobilizadas informações obtidas através de recolha de documentação encontrada no arquivo desta organização referentes ao período desde a sua fundação (1858) até 1910. Conclui-se que, neste tipo de organizações, verifica-se um grande condicionamento da ação dos seus membros que, contudo, não determina as margens de liberdade de cada ator, pelo menos no estudo realizado. Mesmo em situações extremas, os atores organizacionais descobrem ou criam espaços de (alguma) autonomia, nos quais exercem a sua (mesmo que muito regulada) liberdade para além da estrutura da organização, facto reconhecido pelo próprio Goffman.
ABSTRACT: Being the concept of total institution a classic of sociology, this paper seeks to discuss its application at the empirical level in an educational context of children and young people in boarding care – Asilo de Infância Desvalida da Horta –, focusing, for that purpose, on some episodes of disharmony in organisational socialisation that have happened with some Regent Directors and also with an inmate. So as to do this, information obtained through the collection of documents found on the archives of this organisation referring to the period from is establishment (1858) until 1910 will be used. It is concluded that, in this type of organisations, the action of its members is highly conditioned. However, this does not determine the margins of freedom of each actor, at least in the present study. Even in extreme situations, organisational actors discover or create spaces of (some) autonomy, in which they exert their (even if highly regulated) freedom beyond the structure of the organisation, which is acknowledged by Goffman himself.
Description: VIII Congresso Português de Sociologia, Évora, 14-16 abril de 2014.
COM0101 Sociologia da Educação [ST]
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/4377
Appears in Collections:DSOC - Comunicações a Conferências / ConferenceItem
CICS/A - Comunicações a Conferências / ConferenceItem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CPS Serpa 2014b.pdf479,75 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.