Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/423
Título: Religiosidade popular do litoral catarinense : ex-votos e culto doméstico
Autor: Ávila, Edison
Palavras-chave: História do Brasil (séc. XVIII)
Religiosidade Popular
Data: 2005
Editora: Universidade dos Açores
Citação: "ARQUIPÉLAGO. História". ISSN 0871-7664. 2ª série, vols. 9-10 (2005-2006): 323-332
Relatório da Série N.º: História. 2ª série;vols. 9-10
Resumo: A gente catarinense do litoral viveu sempre arraigada à forte religiosidade católica. Trata-se de herança cultural portuguesa que, no caso da beira-mar de Santa Catarina, teve significativo contributo açoriano desde a segunda metade do século XVIII. Os ilhéus sempre demonstraram inquebrantável fé e profunda devoção ao sagrado. Esta crença religiosa, em Santa Catarina, assim como no restante do Brasil, constituiu-se num catolicismo rústico, construído sem interferência da hierarquia da Igreja, (muitas vezes distante face às grandes distâncias), característico das camadas populares e eivado de intensa religiosidade no grupo familiar e comunitário. Como ensina Mircea Eliade (1992: 18) o homem simples “tem tendência para viver o mais possível o sagrado, pois para ele o sagrado equivale ao poder e, em última análise, à realidade por excelência”. Os habitantes do litoral catarinense, pescadores e agricultores, vivendo, nos séculos da colonização, num regime de produção e autoconsumo, inclusive no plano religioso, construíram um igualitarismo também em suas relações com o sagrado. Os santos como que conviviam com as pessoas, o que fazia dispensável, em muitas ocasiões, a intermediação dos ministros da Igreja. As manifestações do sagrado no mundo profano dessa população significavam profundamente o desejo de ser, de participar da realidade, de saturar-se do poder, conforme dizer do autor citado. [...]
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/423
ISSN: 0871-7664
Aparece nas colecções:ARQ - Hist2s - Vol 09-10 (2005-2006)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Edison_Avila_p323-332.pdf62,22 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.