Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/408
Título: Modelo para a gestão de resíduos de construção e demolição : uma solução para as empresas de construção civil (Ilha de São Miguel - Açores)
Autor: Miranda, Catarina Almeida de
Orientador: Jalali, Said
Cunha, Regina Tristão da
Palavras-chave: Construção Industrial
Gestão Ambiental
Resíduos Sólidos
Açores
Ilha de São Miguel
Construction Industry
Environmental Management
Solid Waste
Azores
São Miguel Island
Data de Defesa: 26-Jun-2009
Resumo: O sector da construção civil é particularmente afectado com a problemática da gestão de resíduos, dada a quantidade, volume e diversidade de tipologias dos materiais que fazem parte da sua actividade. No arquipélago dos Açores, como em qualquer região insular, o tema é ainda mais marcantes dadas as limitações de espaço territorial e de escassez de recursos. O desafio é a prevenção, redução, reutilização e valorização dos resíduos de construção e demolição (RCD). Neste contexto, encontrar uma forma eficiente de gerir os RCD na ilha de São Miguel – Açores, constitui o principal objectivo deste estudo. Foi recolhida informação que permitisse, no contexto da região, caracterizar o sector da construção civil, fazer o diagnóstico do estado actual da gestão de RCD pelas empresas de construção civil, conhecer os principais intervenientes na gestão de RCD, e quantificar a produção destes resíduos. Foi estimado que a produção anual de RCD na RAA se situa entre as 62.000 e 65.000 toneladas, o que se traduz numa capitação aproximada de 260 kg/hab. ano. Foi verificado que a generalidade das empresas do sector da construção (na ilha de São Miguel) não têm implementados procedimentos adequados que permitam uma gestão adequada dos seus resíduos, não possuem conhecimento das suas reais obrigações ao nível da gestão de RCD, nem têm meios para implementar soluções eficientes. São excepção algumas das empresas de maior dimensão. Paralelamente, não existem (à data do estudo) destinos para a valorização de resíduos ao nível da ilha. Existem poucos operadores licenciados para gerir algumas tipologias de RCD, cujos serviços baseiam-se basicamente na recepção e posterior encaminhamento de RCD para outros operadores ou entidades gestoras de resíduos. Tendo em conta o cenário descrito, é proposto um modelo para a gestão dos resíduos de construção e demolição produzidos pelo sector da construção civil da região, e estuda-se a viabilidade económico-financeira de uma entidade que implemente o modelo concebido.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Ambiente, Saúde e Segurança
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/408
Aparece nas colecções:DBIO - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoCatarinaFAMiranda2009.pdf1,37 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.