Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/389
Título: A onomástica, o indivíduo e o grupo
Autor: Santos, Maria Leonor Ferraz de Oliveira Silva
Palavras-chave: Antroponímia Portuguesa
Onomástica
Data: 2003
Editora: Universidade dos Açores
Citação: "ARQUIPÉLAGO. História". ISSN 0871-7664. 2ª série, vol. 7 (2003): 229-242
Relatório da Série N.º: História. 2ª série;vol. 7
Resumo: Sendo o nome, no quotidiano do indivíduo, um dos primeiros atributos que este recebe e, simultaneamente, expressão e reflexo da mentalidade daquele que o determina e do meio social em que aparece, até hoje, não tem sido objecto eleito de reflexão dos historiadores. Assim, a exiguidade de estudos antroponímicos, em Portugal, não permite, ainda, para o período medieval, um conhecimento sistemático da onomástica das elites, nem a percepção de diferenças regionais na atribuição do nome. Em contrapartida, a onomástica do grupo mais representativo, os humildes ou gente vulgar, é já razoavelmente conhecida. Face ao actual estado de conhecimentos, a síntese seguidamente apresentada diz respeito à antroponímia popular (entenda-se o termo popular como conceito operacional para designação da gente não nobre). Só pontualmente serão feitas algumas referências à antroponímia nobre. [...]
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/389
ISSN: 0871-7664
Aparece nas colecções:ARQ - Hist2s - Vol 07 (2003)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Maria_Santos_p229-242.pdf96,11 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.