Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/3470
Título: Viver no singular
Autor: Furtado, Cidália Maria Aguiar
Orientador: Lalanda-Gonçalves, Rolando
Palavras-chave: Identidade Pessoal
Identidade Social
População Açoriana
Sociologia
Solidão
Ponta Delgada (Açores)
Autonomy
Identity
Single-Residence
Data de Defesa: 12-Mar-2015
Citação: Furtado, Cidália Maria Aguiar. "Viver no singular". 2015. 121 p.. (Dissertação de Mestrado em Ciências Sociais). Ponta Delgada: Universidade dos Açores, 2014.
Resumo: O presente trabalho visa analisar a emergência do fenómeno da mono-residência na população adulta do concelho de Ponta Delgada da Região Autónoma dos Açores. Pretende, ainda, detetar o significado do espaço residencial na explicação da vida pessoal e social desses sujeitos que moram sozinhos. Os dados demográficos ao longo das últimas décadas nesse concelho, à semelhança dos verificados na Região, registam uma tendência para o aumento continuado e progressivo do número de pessoas que vivem sozinhas (famílias unipessoais), passando de 10% em 1991 para 18% em 2011 do total das famílias clássicas, o que suscita interesse acerca das razões da sua emergência. O fenómeno da mono-residência tem marcado presença no debate público da atualidade a nível mundial e tem sido objeto de estudo em diversas ciências, designadamente nas ciências sociais. Assim, o presente estudo configura-se numa pesquisa empírica, de carácter não experimental, transversal e descritivo que visa detetar sociologicamente se a residência a solo configura um meio de consolidação da identidade pessoal e social do sujeito e se essa vivência constitui um estilo de vida, não necessariamente sinónimo de isolamento social. Do ponto de vista metodológico, o estudo irá desenvolver-se a partir de uma amostra teórica, não probabilística, constituída por 12 indivíduos solteiros de ambos os sexos, residentes nas freguesias de São Pedro, São Sebastião, São José e Santa Clara do concelho de Ponta Delgada, com idades compreendidas entre os 30 e os 40 anos aproximadamente e que moram sozinhos há pelo menos um ano. Como instrumento de recolha de informação, optou-se pela aplicação de entrevistas em profundidade, as quais foram sujeitas posteriormente a uma análise de conteúdo.
ABSTRACT: The present paper aims to analyse the emergence of the phenomenon of monoresidence in the adult population of the municipality of Ponta Delgada, in the Azores. It also has the purpose of detecting the meaning of residential space in the justification of personal and social life of these individuals who live alone. The demographics over the past decades in this council, similar to those seen in the Region, tend to register a trend of continuous and progressive increase in the number of people living alone (one person household), going from 10% in 1991 to 18% in 2011 in a total of the classic families, which raises some interesting questions about its emergence. The phenomenon of single-residence has been present in the current public debate worldwide and has been studied for various sciences, particularly in the social sciences. Therefore, the present study sets up an empirical, non-experimental, crosssectional and descriptive research, which aims to detect sociologically if the monoresidences characterizes a way of consolidation to the personal identity of the subject and if this experience establishes a style life, not necessarily synonymous of social isolation. From the methodological point of view, the study will develop from a theoretical, non-probabilistic sample, comprising 12 single individuals of both sexes, of the municipality of Ponta Delgada, aged between 30 and 40 years approximately and living alone, at least a year. As a tool for gathering information, it was decided by the application of in-depth interviews, subsequently subjected to a content analysis.
Descrição: Dissertação de Mestrado, Ciências Sociais, 12 de Março de 2015, Universidade dos Açores.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/3470
Designação: Mestrado em Ciências Sociais
Aparece nas colecções:DHFCS - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoResumoIndIntrodCMAF2015.pdfResumo, Índice, Introdução100,26 kBAdobe PDFVer/Abrir
DissertMestradoCidaliaMariaAguiarFurtado2015.pdfDissertação de Mestrado657,04 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.