Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/3446
Título: Bem-estar psicológico e qualidade de vida em pessoas idosas
Autor: Melo, Carla Patrícia Silveira Rosa
Orientador: Medeiros, Maria Teresa Pires de
Palavras-chave: Bem-Estar Psicológico
Envelhecimento
Idoso
Pessoa Idosa
Qualidade de Vida
Ageing
Quality of Life
Psychological Well-Being
Data de Defesa: 28-Out-2014
Citação: Melo, Carla Patrícia Silveira Rosa. "Bem-estar psicológico e qualidade de vida em pessoas idosas”. 2014. iv, 103 p.. (Dissertação de Mestrado em Psicologia da Educação, especialidade em Contextos Comunitários). Ponta Delgada: Universidade dos Açores, 2014.
Resumo: O estudo sobre Bem-estar psicológico e qualidade de vida em pessoas idosas foi desenvolvido junto de uma amostra de pessoas idosas, de ambos os sexos, e com idades compreendidas entre 65 e 93 anos, residentes na Ilha de S. Miguel (Região Autónoma dos Açores). Atendendo às variáveis em estudo − o bem-estar psicológico e a qualidade de vida, partiu-se das seguintes perguntas investigação: (i) Será que as variáveis bem-estar psicológico e qualidade de vida das pessoas idosas dependem de variáveis sociodemográficas? (ii) Será que o bem-estar psicológico e a qualidade de vida dependem da variável institucionalização? (iii) Será que as pessoas idosas não institucionalizadas apresentam maior bem-estar psicológico e qualidade de vida comparativamente às institucionalizadas em lares de longa permanência? Para responder às questões de investigação delineou-se os seguintes objetivos: (i) Compreender o bem-estar psicológico de pessoas idosas em função de variáveis sociodemográficas; (ii) Avaliar a qualidade de vida de pessoas idosas em função de variáveis sociodemográficas; (iii) Existe uma relação entre o bem-estar psicológico e a qualidade de vida nas pessoas idosas; (iv) Comparar o bem-estar psicológico de pessoas idosas em função da variável institucionalização; (v) Cotejar a qualidade de vida nas pessoas idosas em função da variável institucionalização. Estruturámos um design investigativo de natureza quantitativa que contempla uma amostra subdividida em dois grupos: Grupo 1 (G1), constituído por 35 pessoas idosas institucionalizadas; Grupo 2 (G2) composto por 35 pessoas idosas não institucionalizadas da ilha de S. Miguel, num total de 70 participantes. Para a recolha de dados, aplicámos os seguintes instrumentos: um Questionário Sociodemográfico, construído para o efeito, o Mini Mental (MMSE), as Escalas de Bem-Estar Psicológico de Ryff e a Escala de Qualidade de Vida (WHOQOL-OLD). Procedeu-se ao tratamento dos dados utilizando o programa Statistic Package for the Social Science – SPSS (versão 20.0). Os resultados observados apontam que o bem-estar psicológico não varia segundo o sexo e o estado civil dos participantes e que é mais baixo nas pessoas idosas mais novas (65-74 anos); e que a qualidade de vida não varia segundo o sexo, a idade e o estado civil dos participantes. Verificou-se, igualmente, uma relação positiva e estatisticamente significativa entre o bem-estar psicológico e a qualidade de vida, e que os participantes residentes nos lares de longa permanência (G1) expressam maior bem-estar psicológico do que os participantes não institucionalizados (G2) e que, em relação à qualidade de vida, não existem diferenças significativas entre o Grupo 1 e o Grupo 2 de participantes.
ABSTRACT: A psychological well-being and quality of life in older people study was developed in a sample of elderly people, of both sexes, aged between 65 and 93 years, living in S. Miguel Island (Azores). Given the variables under study - the psychological well-being and quality of life in elderly people in advanced age -, we defined the following research questions: (i) Does the variable psychological well-being and quality of life of older people depend of sociodemographic variables? (ii) Does the psychological well-being and quality of life depend on the institutionalization variable? (iii) Does the non-institutionalized older people have greater psychological well-being and quality of life compared to institutionalized people? To answer these questions we outlined the following objectives: (i) Understanding the psychological well-being of older people in terms of sociodemographic variables; (ii) evalute the elderly people quality of life based on sociodemographic variables; (iii) compare the psychological well-being of older persons based on institutionalization variable; (iv) compare the quality of life in the elderly due to the institutionalization variable. We have structured an investigative design of a quantitative nature that includes a sample divided into two groups: Group 1 (G1), consisting of 35 elderly institutionalized; Group 2 (G2) consists of 35 non-institutionalized elderly, a total of 70 participants. For data collection, we applied the following instruments: Sociodemographic Questionnaire, the Mini-Mental State (MMSE), the Scales of Psychological Well-Being of Ryff and Quality of Life Scale (WHOQOL-OLD). We proceeded to the processing of data using the Statistic Package for the Social Sciences - SPSS (version 20.0). The observed results indicate that the Psychological Well-being did not vary by sex and marital status of the participants and that is lower in the elderly in the intermediate range (65-69 years); and the Quality of Life did not vary by sex, age and marital status of the participants. There is also a positive and statistically significant relationship between the two variables under study, participants living in long-term care homes (G1) express greater psychological well-being than participants that are not institutionalized (G2), and regarding to quality of life, there were no significant differences between Group 1 and Group 2 participants.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia da Educação, especialidade em Contextos Comunitários.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/3446
Designação: Mestrado em Psicologia da Educação
Aparece nas colecções:DEDU - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoCarlaPatriciaSilveiraRosaMelo2014.pdf727,06 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.