Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/3406
Título: Análise de uma amostragem de caça submarina na Ilha Terceira, no período de 1992 a 2012 : comparação com dados de pesca artesanal
Autor: Santos, Cristina Sousa
Orientador: Barreiros, João Pedro da Silva Ramos
Palavras-chave: Apneia
Pesca Artesanal
Pesca Recreativa
Turismo
Ilha Terceira (Açores)
Apnea
Recreational Fishing
Artisanal Fisheries
Terceira Island (Azores)
Data de Defesa: 3-Mar-2015
Citação: Santos, Cristina Sousa. "Análise de uma amostragem de caça submarina na Ilha Terceira, no período de 1992 a 2012: comparação com dados de pesca artesanal". 2015. vii, 57 p.. (Dissertação de Mestrado em Gestão e Conservação da Natureza). Angra do Heroísmo: Universidade dos Açores, 2014.
Resumo: Diversos autores apontam a caça submarina como a forma de pesca mais seletiva e a que causa menos impacto desde que praticada em apneia e como atividade lúdico/recreativa. Outros apontam-na como potencial causadora de danos biológicos em populações-alvo, tais como o declínio na abundância e biomassa de peixe disponível, mudanças na composição, estrutura e idades das populações. Este estudo centrou-se nos registos de 20 anos de mergulhos, entre 1992 e 2012, de um caçador submarino anónimo, visando 20 espécies-alvo. Com este trabalho pretende-se analisar o impacte desta atividade desportiva, quando praticada exclusivamente em apneia e dirigida a espécies piscícolas. Igualmente se pretende comparar estes dados com os provenientes de outras formas de pesca lúdica bem como da pesca artesanal açoriana, neste último caso comparando os valores disponíveis para o mesmo período de tempo, elaborando-se as comparações através dos índices de capturas por unidade de esforço (CPUE) nas variantes peso e número de exemplares capturados. Os índices CPUE, relativos à caça submarina, têm como unidade de esforço as horas de apneia do caçador, ou seja, o tempo que o caçador passou debaixo de água sendo este tipo de aferição inédito. Assim, e tendo em conta o esforço despendido em cada uma das atividades, a caça submarina obtém valores muito superiores aos da pesca artesanal, com 9,3 indivíduos/hora e de 28,6 biomassa/hora, na caça submarina, e 0,33 indivíduos/hora e 0,74 biomassa/hora, na pesca artesanal. A vertente turística da atividade é igualmente discutida bem como a possibilidade de a compatibilizar com o mergulho contemplativo/recreativo.
ABSTRACT: Several authors point spearfishing as the more selective form of fishing activity, causing less environmental impact if practiced in apnea, as a sport. Others suggest that this activity causes potential biological damages on target populations, such as truncation of the natural age and size structure, decline of fish abundance and biomass and changes in fish composition. This study focused on the records of 20 years of dives, between 1992 and 2012, of an anonymous spear fisherman, for 20 target fish species. With this study we intend to analyze the impact of this activity when practiced exclusively in apnea and directed to fish. We also intend to compare these data with those from other forms of recreational fishing and the Azorean artisanal/commercial fisheries the latter being considered for the same 20 year period by comparing indices of catch per unit effort (CPUE) both in weight and number of specimens captured. The CPUE indices relating to spearfishing have, as unity of effort the hours of apnea, i.e, the time that the hunter actually spends under water which is an approach made here for the first time. Therefore, taking into account the effort spent on each activity, spearfishing obtains higher values, with an average of 9.3 individuals / hour and 28.6 biomass / hour in spearfishing, and 0.33 individuals / hour and 0.74 biomass / hour, in artisanal fishing. Touristic aspects of the activity are also discussed as well as the possibility of a match with the contemplative / recreational diving.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Gestão e Conservação da Natureza.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/3406
Designação: Mestrado em Gestão e Conservação da Natureza
Aparece nas colecções:DCA - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoCristinaSousaSantos2015.pdf4,75 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.