Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/3363
Título: Sistemas de incentivos e o mercado de trabalho
Autor: Simão, Marina Zita Aguiar
Orientador: Vieira, José Cabral
Palavras-chave: Desempenho Profissional
Mercado de Trabalho
Motivação Profissional
Produtividade
Remuneração
Ilha de São Miguel (Açores)
Açores
Performance
Perspective of Workers
Remuneration
Azores
Data de Defesa: 2-Mar-2015
Citação: Simão, Marina Zita Aguiar. "Sistemas de incentivos e o mercado de trabalho". 2015. viii, 75 p.. (Dissertação de Mestrado em Ciências Económicas e Empresariais). Ponta Delgada: Universidade dos Açores, 2014.
Resumo: O desempenho do trabalhador está diretamente relacionado com a motivação e esforço de trabalho, que são influenciados pelos incentivos que a empresa proporciona, contribuindo, assim, para o aumento da sua própria produtividade individual e, consequentemente, da produtividade da empresa onde labora. Deste modo, este estudo abordou a evidência empírica que os incentivos influenciam a motivação dos trabalhadores, sendo este analisado pela perspetiva dos trabalhadores, ou seja, do lado da oferta de trabalho. Para tal foram submetidos a um inquérito uma amostra de indivíduos da ilha de S. Miguel, onde se avaliou a sua preferência relativamente a duas alternativas remuneratórias, bem como a sua disposição de auferir um salário menor. Os resultados apurados mostram que os indivíduos com ensino superior e os que trabalham no setor dos serviços preferem uma remuneração fixa, enquanto os trabalhadores por conta de outrem, quando comparados com outras categorias, e os que atuam no setor público preferem uma remuneração com uma parte fixa e uma parte variável, onde esta depende do desempenho do trabalhador. Em relação à disposição de auferir um salário menor, mas com mais incentivos não financeiros, o estudo revelou que os homens e os trabalhadores por conta de outrem não se encontram dispostos a adotar esta hipótese, ao contrário dos indivíduos com ensino superior e dos trabalhadores que atuam no setor público que mostram-se dispostos a aceitar esta opção.
ABSTRACT: The worker's performance is directly related to the motivation and work effort, which are influenced by incentives that the company provides, therefore it contribute to the increase of their own individual productivity and, consequently, the productivity of the company where the employee works. This study addressed the empirical evidence that incentives affect motivation of workers, which is analyzed by the perspective of workers, which means, the supply side of labor. Were subjected to such study a sample of individuals from the island of S. Miguel, which evaluated their preference towards the two alternatives of remuneration, as well as their willingness to earn a lower salary. The results showed that individuals with higher education and those who work in the services sector prefer a fixed salary, while employees, when compared with other categories, and those who work in the public sector prefer remuneration with a fixed part and a variable part, where it depends on the employee's performance. Regarding the provision of earning a lower salary, but with more not financial incentives, the study revealed that men and employees are reluctant to adopt this hypothesis, unlike those with higher education and workers that work in public sector who are minded to accept this option.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Ciências Económicas e Empresariais.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/3363
Designação: Mestrado em Ciências Económicas e Empresariais
Aparece nas colecções:DEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoMarinaZitaAguiarSimao2015.pdf895,95 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.