Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/3287
Título: Emissão de CO2 em lagos vulcânicos dos açores : quantificação e implicações hidrogeoquímicas
Autor: Andrade, César Cristóvão Costa
Orientador: Cruz, José Virgílio de Matos Figueira
Coutinho, Rui Moreira da Silva
Viveiros, Maria de Fátima Batista
Palavras-chave: Desgaseificação Difusa
Dióxido de Carbono
Hidrogeoquímica
Lagos Vulcânicos
Monitorização Geoquímica
Sismicidade
Vulcanismo
Data de Defesa: 16-Dez-2014
Citação: Andrade, César Cristóvão Costa. "Emissão de CO2 em lagos vulcânicos dos açores: quantificação e implicações hidrogeoquímicas". 2014. xxiv, 176, A-49 p.. (Dissertação de Mestrado em Geologia do Ambiente e Sociedade). Ponta Delgada: Universidade dos Açores, 2014.
Resumo: A origem vulcânica dos Açores explica a existência de inúmeros sistemas lacustres dispersos por várias ilhas, em especial na ilha de São Miguel que apresenta o maior número destas massas de água. O enquadramento geodinâmico complexo do arquipélago dos Açores é responsável pela acentuada atividade vulcânica e sísmica que caracteriza a ilha de São Miguel. No arquipélago dos Açores ocorrem vários locais onde é notória a presença de fenómenos de desgaseificação, bem representados por campos fumarólicos, por nascentes de água termal e mineral gasocarbónica. No entanto, a desgaseificação associada aos sistemas vulcânicos ativos abrange também áreas que podem ser mais extensas, surgindo de um modo difuso e impercetível as designadas áreas de desgaseificação difusa através dos solos. Como estudado no presente trabalho, estas emissões também podem ocorrer através dos lagos, sendo apenas identificadas com recurso a equipamentos específicos. O presente trabalho evidencia a necessidade de se proceder à caracterização e quantificação da desgaseificação difusa através dos lagos vulcânicos. Para este efeito, selecionaram-se lagos localizados nos vários sistemas vulcanológicos onde ocorrem massas deste tipo, e realizaram-se amostragens de água ao longo da coluna de água, assim como se efetuaram medições do fluxo de dióxido de carbono libertado à superfície. [...].
ABSTRACT: The volcanic origin of the Azores explains the existence of many lake systems scattered over the islands, mainly in the island of Sao Miguel which has the largest number of these water bodies. The archipelago of the Azores lies in a complex geodynamic framework which is responsible for the volcanic and seismic activity, as well as by the several fumarolic fields and springs of mineral carbonated water that exist in the Azores. Nevertheless, degassing phenomena linked to active volcanic systems occurs in vaster areas, in a quite imperceptible and diffuse way, as soil degasing. As shown in this study, using adequate equipment, these manifestations can also be seen and measured in superficial water bodies, such as lakes. The present work emphasizes the need for further characterization and quantification of diffuse degassing through volcanic lakes. For this purpose, several lakes located in various volcanic systems were selected, where samples were taken throughout the water column and measurements of the carbon dioxide flow at the lake surface were made. [...].
Descrição: Dissertação de Mestrado em Geologia do Ambiente e Sociedade.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/3287
Designação: Mestrado em Geologia do Ambiente e Sociedade
Aparece nas colecções:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoResumoIndIntrodCCCA2014.pdfResumo, Índice, Introdução315,6 kBAdobe PDFVer/Abrir
DissertMestradoCesarCristovaoCostaAndrade2014.pdfDissertação de Mestrado11,47 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.