Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/3006
Título: Variabilidade genética, conectividade e reiliência de populações de lapas nas ilhas da Macronésia (Atlântico-NE)
Outros títulos: Genetic variation, connectivity and resilience of limpet populations from the Macaronesia islands (NE-Atlantic)
Autor: Faria, João
Ribeiro, Pedro
Neto, Ana I.
Palavras-chave: Lapa
Variabilidade Genética
Limpet
Genetic Variation
Macaronésia
Data: 2013
Editora: Governo dos Açores - Secretaria Regional da Educação, Ciência e Cultura
Citação: Faria J, Ribeiro P & Neto AI (2013). "Variabilidade genética, conectividade e resiliência de populações de lapas nas ilhas da Macaronésia (Atlântico-NE)". Jornadas "Ciência nos Açores - que futuro?", CNA-P-35, Abstract Book, p. 78. Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada, Largo do Colégio, Ponta Delgada, 7-8 de junho.
Resumo: De uma forma geral, é consensual que a sobre-exploração de um dado recurso natural exerce um impacto profundo na respetiva comunidade, sobretudo quando se trata de uma espécie chave para a mesma. Por exemplo, as lapas que têm tradicionalmente sido exploradas para consumo humano em todos os arquipélagos da Macaronésia e particularmente nos Açores, viram o seu efetivo populacional reduzido nas últimas décadas, na grande maioria das ilhas. Alguns trabalhos recentes sugerem que a legislação existente para a sua captura tem sido ineficaz na proteção das populações deste recurso, com óbvias implicações para a sustentabilidade das comunidades costeiras das quais fazem parte. O presente projeto tem por objetivo caracterizar a variabilidade genética, conectividade, e resiliência das populações de lapas na Macaronésia, com especial foco para o arquipélago dos Açores. O principal objetivo é determinar o grau de conectividade existente entre populações de lapas distribuídas ao longo de um sistema dispersivo como seja a região da Macaronésia. Dados genéticos, biológicos, ecológicos e oceanográficos poderão contribuir de forma significativa para compreender a dinâmica populacional destes organismos, permitindo testar hipóteses relativas aos padrões de dispersão larvar, recrutamento, conectividade entre populações, diversidade genética e equilíbrio populacional. Através de uma análise multidisciplinar, o presente projeto irá gerar informação teórico-prática relevante que pode ser utilizada para desenvolver estratégias de conservação capazes de promover a exploração sustentável de lapas na região da Macaronésia, em particular no arquipélago dos Açores.
ABSTRACT: There is growing consensus that over-fishing can have profound community-level effects particularly when keystone species are targeted. For instance, patellid limpets have traditionally been collected as a food resource throughout the Macaronesian archipelagos, and in Azores, recent work has showed that current legislation has been largely ineffective in protecting its populations. These organisms are highly exploited and stocks in most islands have been declining steadily with catastrophic effects on coastal communities. The current project aims at addressing the genetic variation, connectivity, and resilience of limpet populations in Macaronesia, in particular in Azores. The main objective of the proposed project is to examine the degree to which populations of exploited patellid species are connected in a dispersive system such as the Macaronesia islands. Genetic studies, alongside with biological, ecological and oceanographic information, will make an important contribution for the understanding of population dynamics by allowing testing hypothesis about larval dispersal patterns, recruitment and life history traits, population connectivity, genetic diversity, and population equilibrium. Work will focus on limpets because they are a locally important resource but also ecologically important species that require prioritizing conservation strategies. Due to such multidisciplinary approach, the current project will provide information of theoretical as well as practical importance that may be used to inform conservation strategies and promote the sustainable exploitation of limpets in Macaronesia, in particular in Azores.
Descrição: Jornadas "Ciência nos Açores – que futuro? Tema Ciências Naturais e Ambiente", Ponta Delgada, 7-8 de Junho de 2013.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/3006
Aparece nas colecções:DBIO - Comunicações a Conferências / ConferenceItem

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PO21_2013_Faria_etal_SRECC_PO.pdf4,82 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.