Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/3000
Título: Efeitos da hidrodinâmica em comunidades biológicas de praias de calhau rolado em áreas marinhas protegidas
Outros títulos: Effects of hydrodynamics in cobble beach biological communities in marine protected areas
Autor: Álvaro, Nuno V.
Neto, Ana I.
Azevedo, Eduardo B.
Palavras-chave: Alteração Climática
Área Marinha Protegida (AMP)
Hidrodinâmica
Climate Change
Hydrodynamic
Marine Protected Areas
Açores
Azores
Data: 2013
Editora: Governo dos Açores - Secretaria Regional da Educação, Ciência e Cultura
Citação: Álvaro NV, Neto AI & Brito de Azevedo E (2013). "Efeitos da hidrodinâmica em comunidades biológicas de praias de calhau rolado em áreas marinhas protegidas". Jornadas “Ciência nos Açores- que futuro?”, CNA-P-15, Abstract Book, p. 61. Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada, Largo do Colégio, Ponta Delgada, 7-8 de junho.
Resumo: Estudos recentes revelaram que as mudanças abióticas e as respostas biológicas do oceano às alterações climáticas serão complexas. Impactos climáticos sobre uma ou mais espécies-chave podem resultar em mudanças significativas ao nível da comunidade através de um efeito em cascata. As espécies adaptam-se a uma variedade de condições ambientais que definem a sua capacidade de sobreviver e reproduzir. A rapidez a que a alteração climática ocorre e a dificuldade em recuperar a um conjunto de pressões de algumas espécies e sistemas, como a pesca, a perda da biodiversidade, a destruição do habitat, a poluição, a introdução de espécies invasoras e actividade patogénica vão limitar a biodiversidade no futuro. Pequenas ilhas, como os Açores, são especialmente vulneráveis. A fragilidade destes sistemas insulares, ricos em biodiversidade e agindo como berçário para muitas espécies comerciais, levou à criação de um parque natural para cada ilha. São Miguel e Terceira são as ilhas do arquipélago que sofrem maior pressão humana. Algumas das mudanças no litoral resultaram na perda de habitats e, consequentemente, há menos espaço disponível para os organismos marinhos. Estas circunstâncias, associadas às alterações climáticas, tornam imperativo compreender até que ponto as AMPs podem sofrer mudanças no seu biota. Este estudo investiga as praias de calhau rolado das ilhas Terceira e São Miguel, relativamente à sua geomorfologia e comunidades dominantes. Pretende-se caracterizar estes sistemas e compreender a distribuição, a abundância de espécies chave e as respostas das suas populações às mudanças que vêm ocorrendo nas últimas décadas.
ABSTRACT: Recent studies have revealed that the abiotic changes and biological responses to ocean climate change will be complex. Climatic impacts on one or more key species can result in significant changes at the community level through a cascading effect. Species adapt to a range of environmental conditions that defines its ability to survive and reproduce. The faster rate at which climate change takes place and the recovering difficulty of some species and systems to a number of pressures, e.g. fishing, loss of biodiversity, habitat destruction, pollution, introduction of invasive species and pathogenic activity, will limit the biodiversity in the future. Small islands, like the Azores, are especially vulnerable. The fragility of these island systems, rich in biodiversity and acting as nursery for many commercial species, led to the establishment of a natural park for each island. São Miguel and Terceira are the Azorean islands that suffer larger human pressure. Some of the changes on the coastline resulted in the loss of habitats and consequently there is less space available to marine organisms. These circumstances, associated with climate change, make it imperative the understanding of the extent to which MPAs may undergo changes in their biota. This study investigates cobble beaches of the islands of Terceira and São Miguel in what concerns their geomorphology and main communities. It is aimed at characterizing these coastal systems and understanding the distribution and abundance of key species and the response of their populations to the changes that have been enduring for the past decades.
Descrição: Jornadas "Ciência nos Açores – que futuro?", Ponta Delgada, 7-8 de Junho de 2013.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/3000
Aparece nas colecções:DB - Comunicações a Conferências / ConferenceItem

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
2013_Alvaro_etal_SRECC_PO.pdfResumo274,65 kBAdobe PDFVer/Abrir
2013_Alvaro_etal_SRECC_PO_.pdfPoster640,24 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.