Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/2983
Título: Satisfação com o trabalho em contexto organizacional: um estudo de caso, na Empresa de Eletricidade dos Açores
Autor: Soares, Rui Fernando da Silva
Orientador: Gonçalves, Rolando Lima Lalanda
Silva, Rui Brites Correia da
Palavras-chave: Empresa de Electricidade dos Açores (EDA)
Emoções
Motivação
Satisfação com o Trabalho
Estudo de Caso
Satisfação Profissional
Sociologia do Trabalho
Data de Defesa: 24-Mar-2014
Citação: Soares, Rui Fernando da Silva. "Satisfação com o trabalho em contexto organizacional: um estudo de caso, na Empresa de Eletricidade dos Açores". 2014. 104 p.. (Dissertação de Mestrado em Sociologia) - Ponta Delgada: Universidade dos Açores, 2013.
Resumo: Uma das problemáticas recorrentes da sociologia ao longo do tempo é a satisfação com o trabalho. As diferentes e díspares abordagens, com a carência de modelos elucidativos consumados, possibilitam antever a sua complexidade. Tratando-se de um fato social que se carateriza pela intersubjetividade dos atores, que é, ao mesmo tempo, a grande riqueza das ciências sociais, ou seja, a sua indeterminação dos comportamentos sociais e a dificuldade da sua apreensão. A importância crescente à volta desta problemática para a valorização do capital humano das organizações é vital para o seu sucesso. Os resultados das organizações estão interligados à importância do fator humano, tanto na sua valorização como no seu comprometimento nos objetivos da organização, tendo a satisfação no trabalho, neste contexto, ainda um maior e crescente interesse. Uma das abordagens possíveis para a operacionalização da questão da satisfação no trabalho consiste na produção de uma tese de indicadores que vá de encontro à natureza compósita do conceito. Ao nível da quantificação do conceito, várias diligências têm sido experimentadas, tendo em vista a produção de um conjunto de indicadores do trabalhador satisfeito com o trabalho. A nossa proposta de indicadores-chave de trabalhadores satisfeitos é apresentada pelos seguintes componentes: Crenças sobre o Trabalho; Valores sobre o trabalho; Emoções sobre o trabalho; Problemas com o Trabalho; Crenças Normativas; Satisfação com a Vida; Satisfação com o Trabalho. Por si só, um salário, uma promoção ou um clima de relações no trabalho não é o objetivo mais mobilizador, mas uma compensação muito baixa, se não houver a impressão de que o seu trabalho contribui para o bem-estar geral. Assim, a empresa deve tornar-se um lugar de construção de sentido, de finalidades compartilhadas, em que cada um possa ao mesmo tempo desenvolver a autonomia pessoal e contribuir para o objetivo coletivo. No nosso estudo de caso, verificou-se que as médias e desvio padrão são muito idênticos em quase todos os indicadores referentes a estes índices, o que é sustentado no sentido da clarificação do conceito e da sua riqueza teórica, aumentando-o complementarmente à luz das teorias estabelecidas na literatura.
ABSTRACT: One of the recurring problems of sociology over time is job satisfaction. The disparate and different approaches, with the lack of explanatory models consummated enable forecast its complexity. Since this is a social fact that is characterized by inter-subjectivity of the actors, which is both a wealth of social science, if their indeterminacy of social behavior and the difficulty of apprehension. Today and increasingly around the growing importance of this issue for the development of human resources of organizations is vital to your success. The results of the organizations are linked to the importance of the human factor in their recovery and in their commitment to the organization's goals. In this context having job satisfaction even greater and increasing interest. One of the possible approaches to operationalizing the issue of job satisfaction is the production of thesis indicators that go against the nature of the composite concept. At the level of quantification of the concept, several attempts have been tried in order to produce a set of indicators satisfied with the worker's work. Our proposed key indicators of satisfied workers are shown by the following components: Beliefs about Work; Values on labor Emotions on labor issues with the Work; Normative Beliefs, Life Satisfaction, Satisfaction with work. By itself, a salary, a promotion, or a climate of labor relations, is not the goal more mobilizing, compensation is very low if they have the impression that their work contributes to the overall well-being, thus company must become a place of construction of meaning, shared purposes, each of which can simultaneously develop personal autonomy and contribute to the collective goal. In our case study, it was found that the mean and standard deviation are very similar in almost all indicators relating to these indices, which is sustained for the clarification of the concept and its theoretical richness, in addition to increasing the light of established theories in the literature.
Descrição: Dissertação de Mestrado, Sociologia, 24 de Março de 2014, Universidade dos Açores.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/2983
Aparece nas colecções:DHFA - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoRuiFernandoSilvaSoares2014.pdf1,97 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.