Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/2861
Título: Género e profissões: uma análise empírica para Portugal
Autor: Furtado, Isabel Cristina dos Santos
Orientador: Vieira, José Cabral
Palavras-chave: Discriminação Salarial
Discriminação Sexual
Género
Mercado de Trabalho
Mulher
Labor Market
Occupational Segregation
Wage Discrimination
Data de Defesa: 9-Jan-2014
Citação: Furtado, Isabel Cristina dos Santos. "Género e profissões: uma análise empírica para Portugal". 2014. x, 77 p.. (Dissertação de Mestrado em Ciências Económicas e Empresariais) - Ponta Delgada: Universidade dos Açores, 2013.
Resumo: Esta dissertação analisa a perceção dos portugueses relativamente à existência de profissões tipificadas em formatos femininos e masculinos, em Portugal, bem como a perceção destes indivíduos relativamente aos fenómenos de preconceito na escolha de uma profissão maioritariamente ocupada pelo sexo oposto. Para o efeito, foi realizado um inquérito por questionário a 634 portugueses. Os resultados apontam para o conhecimento dos portugueses relativamente à existência de profissões tipificadas como masculinas e femininas e através da análise da regressão, foi possível analisar-se as determinantes dessa perceção. Verificou-se que as mulheres apresentam uma menor probabilidade, em relação aos homens, de considerar que existem profissões típicas a cada sexo. Estas apresentam ainda maior probabilidade de considerar que os homens têm preconceitos em escolher uma profissão maioritariamente ocupada por mulheres. Os homens, por sua vez, apresentam também maior probabilidade em considerar que as mulheres têm preconceito em escolher uma profissão maioritariamente ocupada por homens.
ABSTRACT: This dissertation analyses the perception of the portuguese on the existence of professions typified formats male and female, in Portugal, as well as the perception of these individuals with the phenomena of prejudice in choosing a profession mostly occupied by the opposite sex. For this purpose, we conducted a questionnaire survey of 634 Portuguese. The results point to the knowledge of the portuguese on the existence of professions typified as masculine and feminine, and through regression analysis, it was possible to analyze the determinants of this perception. It was found that women have a lower probability, compared to men, considering that there are occupations typical to each gender. These have even more probability to consider that men have prejudices choose a profession mostly occupied by women. The men, meanwhile, have also most probability to consider that women have a prejudice in choosing a profession mostly occupied by men.
Descrição: Dissertação de Mestrado, Ciências Económicas e Empresariais, 9 de Janeiro de 2014, Universidade dos Açores.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/2861
Aparece nas colecções:DGST - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoIsabelCristinaSantosFurtado2014.pdfVersão Avaliada902,18 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
DissertMestradoIsabelCristinaSantosFurtado2014VF.pdfVersão Corrigida437,93 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.