Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/2846
Título: Estudo empírico sobre os determinantes da estrutura de capital em Portugal
Autor: Pereira, Octávio Medeiros
Orientador: Teixeira, João Carlos Aguiar
Palavras-chave: Crise Financeira
Estrutura de Capital
Endividamento
Capital Structure
Financial Crisis
Leverage
Data de Defesa: 13-Dez-2012
Citação: Pereira, Octávio Medeiros. "Estudo empírico sobre os determinantes da estrutura de capital em Portugal". 2012. 30 p.. (Dissertação de Mestrado em Ciências Económicas e Empresariais) – Ponta Delgada: Universidade dos Açores, 2012.
Resumo: Esta dissertação estuda os determinantes da estrutura de capital baseando-se numa amostra de 2.804 empresas portuguesas, do setor não financeiro, entre 2000 e 2009. É estimado um modelo tipo da estrutura de capital controlado por variáveis específicas e de mercado usualmente utilizadas na literatura. O modelo é também estimado para subamostras de empresas com base na dimensão, nas oportunidades de crescimento e no endividamento, bem como para os períodos antes e durante a crise financeira internacional. Os resultados mostram que as decisões sobre a estrutura de capital das empresas estão mais próximas da teoria da pecking order do que da teoria do tradeoff. Estas conclusões também se aplicam às subamostras de empresas baseadas na dimensão, nas oportunidades de crescimento e no endividamento. Finalmente, os resultados mostram que as empresas têm ajustado as suas decisões de financiamento a partir o início da crise financeira internacional de 2008.
ABSTRACT: This paper investigates the determinants of capital structure based on a sample of 2,804 non financial Portuguese firms, from 2000 to 2009. A standard capital structure model is estimated controlling for firm-specific and market factors commonly used in the literature. The model is further estimated for sub samples of firms based on size, growth opportunities and leverage, as well as for the time periods before and during the international financial crisis. The result show that firms’ capital structure decision seems to conform more with the pecking order theory, rather than with the tradeoff theory. This is also true for different groups of firms based on size, growth opportunities and leverage. Finally, the results suggest that firms have adjusted their leverage as the international 2008 crisis begun.
Descrição: Dissertação de Mestrado, Ciências Económicas e Empresariais, 13 de Dezembro de 2012, Universidade dos Açores.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/2846
Aparece nas colecções:DGST - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoOctavioMedeirosPereira2012.pdf343,13 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.