Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/283
Título: O povo da floresta adormecida : a população da ilha das Flores (1681-1720)
Autor: Boavida, Isabel
Palavras-chave: Demografia Histórica
História dos Açores (séc. XVII-XVIII)
Ilha das Flores (1681-1720)
Sociedade Açoriana (séc. XVII-XVIII)
Data: 1999
Editora: Universidade dos Açores
Citação: "ARQUIPÉLAGO. História". ISSN 0871-7664. 2ª série, vol. 3 (1999): 177-250
Relatório da Série N.º: História. 2ª série;vol. 3
Resumo: Os primeiros povoadores da ilha evitaram as altas charnecas do interior, batidas pelo vento e de difícil acesso, e os seus descendentes seguiramlhes o exemplo, de modo que as povoações das Flores se foram distribuindo pela orla costeira. Mas o relevo acidentado e os muitos cursos de água dificultavam as comunicações entre os povoados. Por este motivo se pode afirmar que «o mar (...) substituiu parcialmente, até à relativamente poucas décadas, os caminhos que não havia»1. Nos Livros de Óbitos das freguesias de São Pedro em Ponta Delgada e de Nossa Senhora da Conceição em Santa Cruz, confirmando, ainda que de forma trágica, a utilização do mar como estrada local, este surge como um lugar de morte. Por exemplo, no primeiro dia de Setembro de 1717, perderam nele a vida dois homens casados, moradores na Lomba, quando regressavam de Santa Cruz a casa2. Contudo, a percentagem de mortes em naufrágios é baixa, ficando, na freguesia de S. Pedro, um pouco aquém dos 3%, apesar da ligação ao mar pela navegação efectuada entre o porto de Ponta Delgada e o Corvo. Dos 304 óbitos aí ocorridos entre 1675 e 1720, apenas 9 se referem claramente a mortes em naufrágios. [...]
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/283
ISSN: 0871-7664
Aparece nas colecções:ARQ - Hist2s - Vol 03 (1999)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Isabel_Boavida_p177-250.pdf193,08 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.