Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/2810
Título: Aferição da positividade nas empresas micaelenses: um estudo empírico
Autor: Leite, Sofia Carreiro
Orientador: Batista, Maria da Graça Câmara
Palavras-chave: Bem-estar
Justiça Organizacional
Liderança Positiva
Organizações Positivas
Positive Organizations
Well Being
Organizational Justice
Positive Leaders
Data de Defesa: 12-Dez-2013
Citação: Leite, Sofia Carreiro. "Aferição da positividade nas empresas micaelenses: um estudo empírico". 2013. 83, [15] p.. (Dissertação de Mestrado em Ciências Económicas e Empresariais) - Ponta Delgada: Universidade dos Açores, 2013.
Resumo: Atualmente é de extrema dificuldade separar a vida profissional da vida pessoal, fazendo assim muitas vezes com que os colaboradores de uma organização levem os seus problemas e preocupações do trabalho para casa ou de casa para o trabalho. Neste sentido, é importante que as empresas comecem a zelar pelo bem-estar dos seus colaboradores. É necessário criarem ambientes estáveis para que os seus colaboradores operem com maior eficiência, mostrar confiança nos colaboradores, trata-los com respeito, promover os seus atributos, o seu bem-estar, justiça e comunicação entre todos. No fundo, criar uma empresa positiva para os seus colaboradores. Mas será que existem empresas positivas? Será que existem empresas positivas em São Miguel? É nestas organizações que esta dissertação se concentra. Esta dissertação tem como objetivo aferir o nível de positividade nas empresas micaelenses. Para isto foi utilizado o método de investigação quantitativo, o inquérito por questionário, que foi distribuído por várias empresas do sector empresarial de São Miguel. As respostas foram agrupadas posteriormente em 6 dimensões caraterizadoras das organizações positivas. O resultado mostrou que as empresas inquiridas, numa escala de positividade de 1 a 6 pontos, possuem uma média de 3,96. Este valor indica-nos que apesar de estarem num bom caminho, nas empresas micaelenses ainda existe espaço para melhorias.
ABSTRACT: Nowadays is extremely difficult to separate work life from personal life, often leading employees taking their problems and worries from work to home and from home to work. In this sense, it’s important for organizations to ensure for the employee well being. It’s necessary for organizations to create stables environment’s for their employees to operate with efficiency, show trust in their employees, treat then with respect, promote their quality’s, well being, justice and communication, among others. Bottom deep, it’s to create a positive organization for their employees. But is there any positive organizations? Are there any positive organizations in São Miguel? It is on these organizations that this dissertation is focused. This dissertation has for objective assess the level of positivity on companies from São Miguel. For that it was used the quantitative method, the questionnaire, which was distributed on several organizations of the business sector of São Miguel. The answers were grouped in 6 dimensions witch characterize positive organizations. The result shows that the inquired organizations, in a scale of 1 to 6 points, have a average of 3.96. This value indicates that although organizations are in a good path, on São Miguel companies there’s still room for improvement.
Descrição: Dissertação de Mestrado, Ciências Económicas e Empresariais, 12 de Dezembro 2013, Universidade dos Açores.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/2810
Aparece nas colecções:DGST - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoSofiaCarreiroLeite2013.pdf963,54 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.