Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/2807
Título: A importância da regulação na determinação da estrutura de capital do setor bancário
Autor: Alves, Ana Carolina Gomes
Orientador: Teixeira, João Carlos Aguiar
Palavras-chave: Bancos
Estrutura de Capital
Financiamento
Regulação Económica
Banks
Financing Policy
Capital Structure
Regulation
Data de Defesa: 2-Dez-2013
Citação: Alves, Ana Carolina Gomes. "A importância da regulação na determinação da estrutura de capital do setor bancário". 2013. [7], 60 p.. (Dissertação de Mestrado em Ciências Económicas e Empresariais) - Ponta Delgada: Universidade dos Açores, 2013.
Resumo: Esta dissertação avalia a importância da regulação de capital na determinação da estrutura de capital dos bancos. Analisamos quais os fatores específicos e de mercado que determinam o endividamento dos bancos, comparando as previsões da literatura empírica das finanças empresariais com as da buffer view. Também examinamos a sensibilidade dos resultados à região a que o banco pertence e ao tipo de banco. Por último, efetuamos um teste direto ao efeito da regulação no endividamento dos bancos e investigamos o papel da recente crise financeira internacional nos resultados. Estimamos regressões do endividamento típicas das finanças empresariais utilizando dados em painel de uma amostra de 560 bancos, 379 dos Estados Unidos da América e 181 da Europa, para o período 2004 a 2010. Os resultados sugerem que os requisitos de capital não são determinantes de primeira ordem do endividamento dos bancos e que há uma forte semelhança nos fatores que determinam a estrutura de capital das empresas não financeiras e a estrutura de capital dos bancos. Não validamos a teoria da buffer view de capital. Além disso, identificamos diferenças nos efeitos da maioria dos fatores no endividamento dos bancos de acordo com o tipo de banco e região a que pertence o banco. Finalmente, mostramos que os determinantes do endividamento são sensíveis à recente crise financeira internacional e a um conjunto de fatores da regulação dos países.
ABSTRACT: This paper investigates whether regulatory capital requirements play an important role in determining banks’ capital structure. We analyze which bank-specific and market factors determine banks’ leverage by comparing the predictions of the empirical corporate finance literature with those of the buffer view of capital. We also examine the sensitivity of the results to the region to where the bank belongs and to the type of bank. Finally, we provide a direct test for the effect of regulation on banks’ leverage and investigate the role of the recent international financial crisis in the results. We estimate typical corporate finance leverage regressions using panel data of a sample of 560 banks, 379 from the U.S.A. and 181 from Europe, for the period 2004-2010. Our results suggest that regulatory capital requirements are not first order determinants of banks’ leverage and that there is a strong similarity in the factors determining the capital structure of non-financial firms and banks. We do not validate the buffer view of capital. Moreover, we document differences on the effect of most factors on banks’ leverage according to the type of bank and to the region to where the bank belongs. Finally, we show that the determinants of leverage are sensitive to the recent international financial crisis and to a set of regulatory country factors.
Descrição: Dissertação de Mestrado, Ciências Económicas e Empresariais, 2 de Dezembro de 2013, Universidade dos Açores.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/2807
Aparece nas colecções:DGST - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoAnaCarolinaGomesAlves2013.pdf848,23 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.