Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/2802
Título: Avaliação do efeito da natureza do substrato em comunidades intertidais
Autor: Xavier, Eunice Rute Magalhães Nogueira
Orientador: Neto, Ana Isabel de Melo Azevedo
Martins, Gustavo Oliveira de Meneses
Palavras-chave: Algas Marinhas
Biodiversidade Marinha
Ecologia Marinha
Ecossistema Marinho
Zona Intertidal
Açores
Data de Defesa: 10-Fev-2014
Citação: Nogueira-Xavier, Eunice Rute Magalhães. "Avaliação do efeito da natureza do substrato em comunidades intertidais". 2014. V, 24 p.. (Dissertação de Mestrado em Biodiversidade e Biotecnologia Vegetal) - Ponta Delgada: Universidade dos Açores, 2013.
Resumo: Hoje em dia a degradação da zona litoral em todo o mundo é cada vez mais visível. As zonas costeiras naturais estão a ser progressivamente substituídas por estruturas artificiais construídas pelo homem para diversos fins, e.g abrandamento da erosão marinha, protecção de estruturas ligadas a actividades marítimas, etc.. Nos países mais desenvolvidos a costa natural está visivelmente a desaparecer e cada vez mais se observam estruturas artificiais que, por sua vez, podem causar distúrbios na biodiversidade costeira de cada zona. Na Ilha de São Miguel, a mais desenvolvida do arquipélago, existe já um número considerável de estruturas artificiais. De alguns anos a esta parte, a investigação sobre o efeito do urbanismo costeiro no sistema natural tem aumentado. Apesar desta tendência, poucos estudos têm‐se centrado nas mudanças na distribuição e abundância de organismos, causadas pela introdução de estruturas feitas pelo homem. Nos Açores só se conhece um estudo realizado na ilha do Pico e que teve por objectivo avaliar o efeito de uma estrutura artificial, construída para diminuir a exposição da costa à acção das ondas, sobre a organização e o funcionamento das comunidades adjacentes. O presente estudo teve como objectivo geral avaliar o efeito da natureza do substrato na composição e estrutura de comunidades do intertidal rochoso da ilha de São Miguel. Contemplou um desenho experimental que envolveu investigar molhes de basalto e molhes de cimento em diferentes locais do litoral da ilha, comparando as comunidades maduras de ambos e investigando a colonização de placas de substrato natural e artificial colocadas em ambos. Os resultados obtidos para a caracterização das comunidades maduras revelaram que não existem diferenças significativas ao nível das associações epibióticas que habitam nos diferentes substratos (basalto/cimento) para nenhum dos níveis de costa estudados (infra e mediolitoral). Por outro lado, encontraram‐se diferenças significativas ao nível da colonização das placas colocadas nos dois tipos de molhes. Os resultados sugerem que, embora a natureza do substrato não pareça ser factor condicionante das comunidades maduras, tem influência ao nível do recrutamento das placas, de acordo com o tipo placa, altura de costa e natureza dos molhes.
ABSTRACT: Degradation of the littoral ecosystems is increasing worldwide. The natural coastline is being replaced by artificial structures built either for land protection, or for protection of activities related to the sea. In most developed countries the natural shore is visibly disappearing and progressively being replaced by artificial structures that can impair coastal biodiversity. On the island of São Miguel, the most developed of the archipelago, there is already a considerable number of artificial structures on the coast. Research on the effect of urbanization on coastal natural systems has increased recently. Despite this trend, few studies have focused on changes in the distribution and abundance of organisms, caused by the introduction of man‐made structures. In the Azores only one study developed on the island of Pico is known. It was aimed to evaluate the effect of an artificial structure, built to minimize the influence of wave‐action of the coast, on the organization and functioning of adjacent communities. The present study aimed to evaluate the effect of the nature of the substrate on the composition and structure of rocky intertidal communities of the island of São Miguel. The experimental design adopted involved the characterization of established mature communities on seawalls made of basalt and cement, and to experimentally examine the effects of substrate nature on the colonization of assemblages on seawalls. The structure of established mature communities was similar on seawalls made of the different substrates (basalt / cement) for any level of the coastline studied (infra/eulittoral). However, significant differences were found in the structure of early successional assemblages colonizing experimental plates of different substrate types (basalt vs cement), and which was also influenced by the nature of the surrounding habitat. The results suggest that the nature of the substrate does not seem to influence the mature communities but it influences the recruitment, depending on the type of plate, the level of the coast and the nature of the seawalls.
Descrição: Dissertação de Mestrado, Biodiversidade e Biotecnologia Vegetal, 10 de Fevereiro de 2014, Universidade dos Açores.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/2802
Aparece nas colecções:DBIO - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoEuniceRuteMagalhaesNogueiraXavier2014.pdf5,22 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.