Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/2656
Título: Experiências de Supervisão Pedagógica: contributos para o desenvolvimento profissional dos professores cooperantes do 1º ciclo do Ensino Básico
Autor: Alves, Ana Margarida Massa de Oliveira
Orientador: Mira Leal, Susana
Palavras-chave: Prática Pedagógica
Supervisão Pedagógica
Formação de Professores
Desenvolvimento Profissional
Pedagogical Practise
Pedagogical Supervision
Teacher Training
Professional Development
Data de Defesa: 4-Fev-2011
Citação: Alves, Ana Margarida Massa de Oliveira. "Experiências de Supervisão Pedagógica: contributos para o desenvolvimento profissional dos professores cooperantes do 1º ciclo do Ensino Básico". 2011. IX, 202 p.. (Dissertação de Mestrado em Supervisão Pedagógica) - Ponta Delgada: Universidade dos Açores, 2010.
Resumo: Cada vez mais as instituições de formação se têm preocupado com o modo como os professores aprendem a ensinar, perspectivando-se, nessa preocupação, a intenção de formar profissionais mais competentes. Reconhece-se, portanto, que a qualidade da educação depende, em larga medida, da qualidade da formação dos professores e do seu desenvolvimento profissional ao longo da carreira. De entre as experiências que podem contribuir para a aprendizagem e desenvolvimento profissional do professor, destacamos as experiências de supervisão pedagógica. O objectivo da nossa investigação foi conhecer as representações que os professores cooperantes do 1º Ciclo do Ensino Básico têm da sua experiência supervisiva e compreender o impacto que essa experiência poderá ter tido no seu desenvolvimento profissional. Em face destes objectivos, optámos por um estudo de natureza descritiva e interpretativa e por uma metodologia de investigação qualitativa. Os dados foram recolhidos através da realização de entrevistas semi-directivas, cujo conteúdo foi sistematizado e organizado através dos procedimentos da análise de conteúdo. Os resultados obtidos indicam que as 20 professoras entrevistadas percepcionaram de maneiras diferentes a experiência supervisiva. Um grupo mais alargado (16) representa-a como fracamente positiva, destacando-a como um dos factores que contribuiu para o seu crescimento pessoal e profissional; um grupo mais restrito (4) apresenta uma visão menos positiva do exercício dessas funções, não lhe atribuindo a mesma relevância ou impacto no seu desenvolvimento profissional ou pessoal e destacando até, em alguns casos, um certo impacto negativo. Para a maioria das entrevistadas, a actividade supervisiva permitiu adquirir/actualizar conhecimentos, melhorar as práticas pedagógicas e supervisivas, desenvolver capacidades e atitudes, através da troca de experiências e materiais, da observação de aulas, do trabalho desenvolvido com os estagiários e da interacção com outros supervisores e professores da universidade. Para as restantes, os obstáculos e dificuldades experimentados a vários níveis (gestão das relações interpessoais, articulação interinstitucional, desempenho dos estagiários) sobrepuseram-se aos poucos proventos que retiraram da experiência ao nível da aquisição/actualização de conhecimentos ou do desenvolvimento de algumas competências.
ABSTRACT: Understanding how teachers learn to teach and how they develop professionally, in order to help them become better teachers and improve the quality of education are major concerns amongst institutions responsible for teacher education. We now realize the professional experiences teachers undergo during their career are a major contribute to enlarge their professional knowledge and skills. Supervising is one of the experiences we believe can have great impact in teachers’ professional development. The aim of our research was to understand the representations that the cooperating teachers from Primary Schools have of their supervisory experience and understand the impact that this experience may have had on their professional growth. Given these goals, we chose a descriptive study and an interpretative and qualitative research methodology. The data were collected using semi-directive interviews, whose content was systematized and organized through the procedures of content analysis. The results indicate that the 20 teachers interviewed had different ways to experiment supervision. A larger group (16) represents it as not much positive, highlighting it as one of the factors that contributed to their personal and professional growth. A smaller group (4) shows a less positive view of those experiences, not giving the same relevance or impact on their professional or personal development, revealing, even, in some cases, a certain negative perspective. For most people, the supervision activity allowed to acquire/update knowledge, improve teaching and supervised practice, develop skills and attitudes, trough exchange of several experiences and materials, classroom observation, the work with trainee teachers, and the interaction with other supervisors and university professors. For the remaining individuals, obstacles and difficulties experienced in various areas (management of interpersonal relationships, institutional dialogue, and trainees’ performance) were bigger than the poor gains with the experience acquired in the acquisition/updating of knowledge or development of certain skills.
Descrição: Dissertação de Mestrado, Supervisão Pedagógica, 4 de Fevereiro de 2011, Universidade dos Açores.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/2656
Aparece nas colecções:DEDU - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoAnaMargaridaMassaOliveiraAlves2011.pdf1,98 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.