Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/2642
Título: A Educação Física no Ensino Secundário: compreender atitudes para pensar a mudança
Autor: Pacheco, Catarina
Condessa, Isabel
Palavras-chave: Physical Education
Educação Física
Attitude
Atitude
Curriculum Innovation
Currículo e Inovação
Data: 2012
Editora: CIEC, Instituto da Educação, Universidade do Minho
Citação: Condessa, Isabel; Pacheco, Catarina (2012). "A Educação Física no Ensino Secundário: compreender atitudes para pensar a mudança". In Atividade Física, Saúde e Lazer: Educar e Formar, ed. Isabel Cabrita Condessa, Beatriz Oliveira Pereira, Graça Simões de Carvalho, 147-158. ISBN 978-972-8952-20-8. Braga, Portugal: CIEC, Instituto da Educação, Universidade do Minho.
Resumo: O presente estudo, realizado numa Escola Secundária da Região Autónoma dos Açores (ES), pretende identificar as atitudes dos alunos do 12º ano de escolaridade face à Educação Física, aos currículos estabelecidos para a disciplina e à forma como são implementados na escola e confrontá-las com as percepções dos professores de Educação Física (EF) da escola. Partimos do pressuposto de que o conhecimento destes fatores permitirá aos profissionais desta área disciplinar “repensar” as suas práticas no futuro, através da implementação de um novo projecto que os conduza à optimização do seu desempenho, numa atividade profissional que se deseja cooperativa, reflexiva e inovadora. A nossa amostra foi constituída por 358 alunos pertencentes ao 12º ano de escolaridade de ambos os sexos, e por 20 professores do grupo de EF que leccionaram durante dois anos lectivos sucessivos nessa escola (2006/07 e 2007/08), Os dados, quantitativos e qualitativos, recolhidos pela aplicação de inquéritos por questionário e análise documental (análise de documentos da escola), foram tratados estatisticamente no SPSS. Os principais resultados obtidos neste estudo permitem-nos concluir que os alunos do ensino secundário apresentam uma atitude favorável em relação à EF escolar, se bem que existiam uns factores que eram mais favoráveis à sua prática, diferenciando-se um pouco a atitude de rapazes e de raparigas. As percepções dos professores nem sempre são coincidentes com as atitudes e preferências dos alunos, contudo são claras as necessidades de mudança: uma maior selecção dos conteúdos do currículo, em práticas mais adequadas aos jovens e a promoção de um ensino mais inovador e colaborativo.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/2642
ISSN: 978-972-8952-20-8
Aparece nas colecções:DEDU - Parte ou Capítulo de um Livro / Part of Book or Chapter of Book

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Capitulo de Livro_CP&N(6)__CIEC-UM_2012_RepUAC.pdf643,85 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.