Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/2571
Título: Localização de Infraestruturas em Território Insular
Autor: Frias, Armindo Dias da Silva
Cabral, João
Palavras-chave: Logística
Modelos Matemáticos
Localização de Infraestruturas
Sustentabilidade
Data: Out-2013
Editora: Associação para a Ciência e Desenvolvimento dos Açores
Citação: Frias, Armindo Dias da Silva, Cabral, João (2013). "Localização de Infraestruturas em Território Insular", In Livro de atas do I Congresso de Ciência e Desenvolvimento dos Açores, ed. Associação para a Ciência e Desenvolvimento dos Açores, 156 – 167. ISBN: 978-989-98567-0-7. Associação para a Ciência e Desenvolvimento dos Açores: Angra do Heroísmo.
Resumo: Como é apresentado em Casaca e Marlow (2005), o surgimento do mercado global com consumidores que exigem rapidez, qualidade de serviços e respeito pelo meio ambiente veio ditar a alteração dos paradigmas instituídos. Assiste-se à integração interna e externa das cadeias de abastecimento e à aposta em processos respeitadores do meio ambiente e das preocupações sociais dos seus clientes, tornando-se sustentáveis. A dispersão geográfica da cadeia de abastecimento implica custos acrescidos de gestão e armazenagem assim como o aumento do tempo de satisfação de encomendas, ver Lorentz e al. (2012). No caso das ilhas, a dispersão da cadeia de abastecimento não é uma opção mas antes uma imposição. As ilhas, enquanto pequenos territórios isolados, apresentam especificidades económicas, sociais e ambientais próprias. Por exemplo, Briguglio (1995) e Zsigraiova e al. (2009) consideram que a recolha e tratamento de resíduos nas ilhas assumem grande relevância económica, social e ambiental, uma vez que representa uma fonte de receita pelo reaproveitamento de matérias-primas, energia ou reutilização dos bens, minimizando assim a dependência de recursos do exterior e um custo acrescido com a operação de recolha e tratamento, bem como existe a necessidade de cumprir as normas legais em vigor. A recolha e tratamento de resíduos integram diversos pontos críticos, como sejam o transporte, armazenamento e processamento. Pela sua crescente influência na performance da generalidade dos setores da economia, Crainic e Laporte (1997) veem o transporte de carga como uma das atividades com maior relevância. Sendo que, segundo Owen e Daskin (1998), a localização de instalações ou infraestruturas é um fator crítico para a maioria das organizações públicas ou privadas e segundo Chaabane e al. (2012), o processo de decisão da sua localização insere-se no âmbito estratégico e quando se situa em espaço insular deve atender às suas especificidades de sustentabilidade específicas. Com o objetivo de analisar a configuração da cadeia logística inversa implementada para a recolha e tratamento de resíduos, no que concerne à localização das suas infraestruturas Frias (2011) realizou estudo de dados secundários referentes à recolha de pneus usados na ilha de Sº. Miguel. Após realizar a aglomeração geográfica dos pontos de recolha, aplicou um modelo de localização de infraestruturas, tendo avaliado a solução implementada assim como diversos cenários alternativos. Os resultados obtidos pelos diversos cenários criados vão ao encontro das expetativas empíricas e apesar de não corroborarem a solução implementada como ótima, para o caso de um centro de recolha, consideram-na aceitável. A otimização da rede de transportes pela correta localização das infraestruturas que a compõem permite minimizar os custos económicos, os impactes sociais e as emissões poluentes provocados pelos meios de transporte ou pelas condições de armazenagem dos resíduos. O modelo obtido é adequado ao estudo realizado, passível de aplicação a outras situações concretas e de expansão a um universo mais abrangente.
Descrição: I Congresso de Ciência e Desenvolvimento dos Açores: Crise, Território e Paisagem, Angra do Heroísmo, 26 a 27 de Julho de 2013.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/2571
ISBN: 978-989-98567-0-7
Versão do Editor: http://congressoacda2013.weebly.com/uploads/1/7/2/5/17254170/atas.pdf
Aparece nas colecções:DME - Parte ou Capítulo de um Livro / Part of Book or Chapter of Book

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
atas_ACDA_artigo_joao_armindo.pdf383,76 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.