Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/2357
Título: Abordagens à escrita : do programa de português aos manuais escolares do 2º ciclo do Ensino Básico
Autor: Gomes, Maria do Carmo de la Cerda
Orientador: Mira Leal, Susana
Serpa, Margarida Damião
Palavras-chave: Aprendizagem da Escrita
Educação
Ensino Básico (2º Ciclo)
Manual Escolar
Português
Programa Escolar (2º Ciclo)
Supervisão Pedagógica
Portuguese Teaching Program (2nd Ciclo)
Textbooks
Writing Approach
Data de Defesa: 18-Set-2013
Citação: Gomes, Maria do Carmo de la Cerda – "Abordagens à escrita : do programa de português aos manuais escolares do 2º ciclo do Ensino Básico". Ponta Delgada : Universidade dos Açores. 2013. 165, [14] f.. Dissertação de Mestrado.
Resumo: Num mundo globalizado, conforme o da sociedade contemporânea, saber utilizar a escrita como instrumento poderoso de comunicação e de intervenção social é uma questão de cidadania. No âmbito de uma perspetiva comunicativa da língua, caberá à escola promover o domínio da escrita, quer como ferramenta de trabalho, quer como forma de intervir socialmente. Este estudo, imbuído num quadro teórico relativo às principais conceções de escrita, numa primeira etapa, procurou apreender as orientações programáticas para o ensino aprendizagem da escrita nos programas de Português do 2.º Ciclo do Ensino Básico (2009) e as conceções de escrita que lhe estão subjacentes. Numa segunda etapa, sob a forma de estudo empírico, foram abordadas as propostas de atividades que tiveram como domínio de referência a produção de textos em doze manuais escolares de 5.º ano de escolaridade, editados no ano de 2011, um instrumento dito de ‘intérprete’ dos programas para alunos e professores. Nestes procurámos identificar os conteúdos programáticos e as conceções da escrita no que refere às produções de texto. Esta investigação empírica seguiu uma metodologia de natureza qualitativa, com recurso à análise de conteúdo. Concluímos que no programa estão implícitas as abordagens cognitiva, sociocultural e comunicativa do ato escritural, onde são valorizadas quer a ação sobre os contextos de produção de texto, quer a ação sobre os processos de escrita. Da análise dos manuais, apuramos que predomina a intenção de escrita que tem como objetivo exprimir experiências, sensibilidades e imaginário, adstrita ao tipo de texto narrativo. Os destinatários dos escritos circunscrevem-se, essencialmente, ao professor e aos alunos da própria turma. Tendencialmente, não se sugere a modalidade de trabalho colaborativo/cooperativo nem o uso do computador como meio de pesquisa da informação, de produção, de revisão e de difusão do texto. No que se refere aos processos de escrita, valoriza-se, nomeadamente, o subprocesso de planificação. Decorrente do nosso estudo, infere-se que é necessário proceder a reajustamentos, quer ao nível dos contextos de produção de escrita, quer ao nível do processo de escrita.
ABSTRACT: In nowadays global world, it is an issue of citizenship to know how to use Writing as a powerful tool for communication and social interaction. Within a communicative approach of the language, it’s the aim of the school to promote the Writing Skill, both as a working tool and as a way of interacting in social terms. This essay is framed in a theoretical vision concerning the main writing conceptions and, on a first stage, it tried to seize the guidelines of the program for the teaching and learning of the writing skill in the Portuguese Language Teaching program, for the 5th and 6th grades (2009), and the writing conceptions behind it. On a second stage, in an empirical perspective, the focus was on the proposed activities based on the writing skills, suggested in twelve schoolbooks of the 5th grade, edited in 2011. These books are, for teachers and students, an aid in educational settings and a “so-called” performer of the syllabus. We have tried in them to identify the school syllabus contents and the writing concepts as far as the writing productions are concerned. This empirical research pursued a qualitative methodology using the analyses of contents. In conclusion we can say that in the program the cognitive, social, cultural and communicative approaches are implied in the practicing of writing, in these approaches it is given more importance to the intervention measures, both in the writing production contexts and in the processes of writing. From the analyses of the textbooks, it is evident that the writing intention prevailing is specially to express experiences, sensibilities and imagination, in the narrative text. The addressees of the written texts are, mainly, the teacher and the students of the class. It tends not to give suggestion neither for the collaborative / cooperative work nor for the use of the computer as a mean of searching for information, for production, for revision and for the diffusion of the text. As far as the processes of writing are concerned, enhance is namely on the by-processes of planning. From our essay, one can infer that it is necessary to do some readjustments both on the level of the writing production contexts and on the level of the written procedure.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Supervisão Pedagógica.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/2357
Aparece nas colecções:DCE - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoMariaCarmoCerdaGomes2013.pdfDocumento Principal2,59 MBAdobe PDFVer/Abrir
DissertMestrado-ANEXOS-MCCG2013.xlsxAnexos465,4 kBMicrosoft Excel XMLVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.