Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/2269
Título: Projetos educativos e sua avaliação na intervenção em educação pré-escolar e ensino do 1º ciclo do EB
Autor: Loureiro, Ana Lúcia Caridade
Orientador: Serpa, Margarida Damião
Palavras-chave: Educação Pré-Escolar
Ensino Básico (1º Ciclo)
Prática Educativa
Projecto Educativo
Data de Defesa: 2-Jul-2013
Citação: Loureiro, Ana Lúcia Caridade – "Projetos educativos e sua avaliação na intervenção em educação pré-escolar e ensino do 1º ciclo do EB : relatório de estágio". Ponta Delgada : Universidade dos Açores. 2013. IX, 115 p.. Dissertação de Mestrado.
Resumo: O presente Relatório de Estágio representa um documento que visa descrever e aprofundar o trabalho que desenvolvi durante os estágios no Pré-escolar e no 1.º Ciclo do Ensino Básico, constituindo uma análise critica e reflexiva dos processos envolvidos na formação, designadamente a recolha inicial de dados, o projeto formativo, a execução e a avaliação. Foram objetivos principais desta análise crítica: identificar a natureza das práticas desenvolvidas, a partir da sua descrição e de diversas análises sistemáticas; reconhecer potencialidades e fragilidades das ações tomadas; apreciar as opções didáticas adotadas pelo confronto com literatura da área. No trabalho com as crianças, é dado destaque à descrição e análise das competências e capacidades que desenvolveram, ponderando os seus níveis de complexidade, e à visão global das atividades, das quais se examinam algumas em pormenor, seja pela mobilização de produções dos alunos, seja pela análise de conteúdo, por exemplo aplicada à estratégia de questionamento. Os dados utilizados para estas análises foram recolhidos através de pequenos vídeos gravados no estágio do Pré-escolar e em fichas de trabalho dadas no estágio do 1.º Ciclo. Os resultados desta análise mostram que, tanto no Pré-escolar, como no 1.º Ciclo, as atividades são muito estruturadas pela estagiária e as exigências situam-se, maioritariamente, em capacidades cognitivas elementares, sugerindo-se a intensificação de atividades destinadas a desafiar a criança a criticar, a autorregular os processos de pensamento e a resolver problemas, no fundo, a incidirem em capacidades cognitivas mais elaboradas. A par das análises anteriores foi concretizado o estudo sistemático das práticas de projeto desenvolvidas pela estagiária, cujos dados foram recolhidos mediante observação apoiada em registos vídeo e em planos de aula, bem como o seu confronto com conceções de três outros atores educativos, decorrentes de dados obtidos através de entrevistas. Os resultados deste estudo demonstram que os projetos concretizados pela estagiária destinaram-se sobretudo à aquisição de conhecimentos do programa de ensino e à satisfação de interesses dos alunos. Relativamente à conceção dos projetos, houve auscultação dos interesses dos alunos e envolvimento de outras pessoas, através de visitas de estudo integradas nos projetos que permitiram enriquecer os mesmos. Identificaram-se fragilidades ao nível: i) da planificação, uma vez que a realizada pelas crianças foi rudimentar ou quase inexistente; ii) das atividades que, por serem demasiado estruturadas pela estagiária, deixaram um espaço de decisão muito reduzido aos alunos e também não promoveram de forma aprofundada, como seria desejável, as competências de pesquisa, resolução de problemas, autonomia dos alunos e cooperação; iii) da avaliação, porque foram também descurados alguns aspetos, nomeadamente as avaliações com os alunos no decurso e no final dos projetos, a definição de critérios para avaliar os mesmos e a escassa influência da avaliação realizada pela estagiária na reformulação dos projetos. O trabalho de projeto havido não foi propriamente encarado como modelo ou filosofia, mas sim como estratégia de ensino, pois esta abordagem coabitou com outras já desenvolvidas pelas cooperantes. Da comparação das práticas com o discurso dos entrevistados, verificam-se algumas semelhanças em relação à função dos projetos realizados, havendo, no entanto, referência ao desenvolvimento de competências intrapessoais, principalmente, a capacidade de pesquisa que não foi encontrada na nossa prática. Relativamente à conceção dos projetos, os discursos demostraram certas fragilidades em alguns pontos comuns, revelando também falta de registos e detalhe na planificação dos projetos e alguma insuficiência na avaliação dos projetos, principalmente ao nível dos critérios. À semelhança da nossa prática, em relação às atividades, concluímos, à exceção de um dos entrevistados, que são muito estruturadas pelo professor, deixando para o aluno um papel mais secundário. Outro aspeto a salientar do discurso dos entrevistados foi a grande satisfação dos professores e dos alunos perante este tipo de abordagem. Os inquiridos chegaram mesmo a afirmar que o trabalho de projeto nada tem a ver com outro tipo de estratégias mais tradicionais e que se lhes fosse retirada a possibilidade de trabalhar desta forma ficariam muito desiludidos. Porém, não deixaram de alertar para os desafios da mesma, quer para gerir a dinâmica das turmas, quer para garantir a participação ativa dos alunos, uma vez que admitem ser necessário fazer esforço para dar espaço de decisão aos alunos.
ABSTRACT: This Internship Report is a document that seeks to describe and deepen the work developed during the stages in Preschool and 1. º Primary School, providing a critical analysis and reflective of the processes involved in the formation, including the initial sampling data, formative project, implementation and evaluation. Main objectives of this critical analysis were to identify the nature of the practices developed, from its description and several systematic reviews; recognize strengths and weaknesses of the actions taken; appreciate the didactic options adopted by the challenges of literature area. In working with children, emphasis is placed on the description and analysis of the skills and abilities that they have developed, considering their level of complexity, and the overview of activities, some of which are examined in detail, either by mobilizing students' productions, either by content analysis, for example applied the strategy of questioning. The data used for these analyzes were collected through short videos recorded at the stage of pre-school and worksheets given in 1. º Primary School. The results of this analysis show that, both in the pre-school, as in 1. º Primary School, activities are highly structured by the intern and the requirements are located mostly in basic cognitive abilities, suggesting the intensification of activities designed to challenge the child to criticize, to self-regulate of the thinking processes and solving problems, in other words, to impinge on the cognitive abilities more elaborate. In addition to the previous analyzes was realized the systematic study of project practices developed by the intern, whose data were collected through observation supported by video recordings and lesson plans, as well as its comparison with conceptions of other three educational actors, by the result of data obtained through interviews. The results of this study demonstrate that the projects implemented by the intern destined mainly to the acquisition of knowledge of the teaching program and the satisfaction of students' interests. Regarding the conception of the project, there was consultation on students' interests and involvement of others, through study visits integrated into projects that enrich allowed them. Were identified weaknesses at the level of: i) planning, once held by the children was rudimentary or almost nonexistent ii) activities that are too structured by the intern, left a very small decision space to students and also not promoted in depth, as would be desirable, research skills, problem solving, student autonomy and cooperation; iii) evaluation, because they were also neglected some aspects, such assessments with students during and at the end of the projects, the definition of criteria to evaluate them and the scarce influence of evaluation performed by the intern in the reformulation of projects. The project work was not properly been regarded as a model or philosophy, but as a teaching strategy because this approach has cohabited with other already developed by cooperating. Comparison of practices with the interviewees, there are some similarities in relation to the function of the projects, having, however, reference to the development of intrapersonal skills, especially the ability to search which was not found in our practice. Regarding the conception of projects, speeches demonstrated some weaknesses in common points, also revealing a lack of records and detail in the planning of projects and some insufficiency in the evaluation of projects, mainly in terms of the criteria. As our practice, in relation to activities, we conclude, with the exception of one interviewed, which are highly structured by the teacher, leaving the student with a more secondary role. Another aspect to note of the speech interviewees was the great satisfaction of teachers and students before this type of approach. Respondents have even said that the project work has nothing to do with other types of more traditional strategies and if they were withdrawing the possibility of working in this way that would be very disappointed. However, they warned to the challenges of that working way, to manage the dynamics of the groups and to ensure the active participation of students, once admitted to be necessary to make effort to give decision space to students.
Descrição: Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico (Relatório de Estágio).
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/2269
Aparece nas colecções:DCE - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoAnaLuciaCaridadeLoureiro2013.pdfDocumento Principal1,2 MBAdobe PDFVer/Abrir
ANEXO-DissertMestradoAnaLuciaCaridadeLoureiro2013.pdfANEXOS4,74 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.