Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/2059
Título: Azorean Bryophytes : a preliminary review of rarity patterns
Autor: Gabriel, Rosalina
Homem, Nídia
Couto, Adalberto Borges
Aranda, Silvia C.
Borges, Paulo A. V.
Palavras-chave: Briófitos
Bryophytes
Data: 2011
Editora: Sociedade de Estudos Açorianos Afonso Chaves
Citação: Gabriel, R., Homem, N., Couto, A., Aranda, S.C. & Borges, P.A.V. (2011). "Azorean Bryophytes: a preliminary review of rarity patterns". In Martins, A.M.F., & M.C. Carvalho (eds.), «Celebrating Darwin: Proceedings of the Symposium "Darwin's Mistake and what we are doing to correct it"», Ponta Delgada, 19-22 September, 2009. Açoreana, Supl. 7: 149-206.
Resumo: Os briófitos podem ser tão raros e estar tão ameaçados como os demais organismos do planeta, apesar de o seu pequeno tamanho, cores discretas e difícil identificação no campo poderem mascarar o seu verdadeiro estatuto de conservação. De facto, é reconhecido que cerca de um quarto de todos os briófitos da Europa estão efectiva ou potencialmente ameaçados. O primeiro “Livro Vermelho dos Briófitos da Europa” foi produzido em 1995, amplamente baseado em listas vermelhas nacionais e no trabalho de uma vasta equipa de briólogos que avaliaram o estatuto de conservação para as espécies Europeias. A classificação de briófitos em listas vermelhas tem contribuído para aumentar a sensibilidade dos gestores para este grupo de organismos e alguns esforços têm sido desenvolvidos na Europa, para preservar locais tendo como característica o seu interesse briológico. Consequentemente, uma lista vermelha para os briófitos dos Açores pode auxiliar os gestores regionais a identificar espécies particularmente ameaçadas, tornando-se o primeiro passo para assegurar a sua protecção. Neste artigo usamos uma adaptação dos trabalhos de Deborah Rabinowitz (1981), que criou uma tipologia para desocultar e avaliar várias formas de raridade, utilizando três variáveis: Distribuição Geográfica, Abundância e Especificidade do Habitat. Todas as 480 espécies e subespécies dos Açores foram investigadas: 215 taxa não tinham informação suficiente para ser analisados (deficientes em dados), 121 não foram consideradas raros e 144 briófitos (1 antocerota, 56 hepáticas e 87 musgos) foram considerados raros pelo menos num dos parâmetros considerados. Os benefícios e limitações desta metodologia são brevemente discutidos. São propostas algumas sugestões práticas para melhorar a estratégia de conservação dos briófitos seleccionados.
ABSTRACT: Bryophytes are not exempt of rarity and threat, although their small size, mute colours and difficult field identification may mask their true conservation status. Actually, it is known that a quarter of all European bryophytes are under actual or potential threat. The first Red Data Book for European Bryophytes was produced in 1995, largely based on national red lists and on the work of a vast team of bryologists who assessed the conservation status of each European species. The red listing of bryophytes has undoubtedly contributed to increase the awareness of planners to this group of organisms, and several efforts have been made, through Europe, to preserve sites based on their bryological interest. Accordingly, a specific Red List for the Azorean Bryophytes may help regional managers to identify particularly endangered species, thus allowing for the creation of measures to improve their preservation. In this paper we have used an adaptation of the works of Deborah Rabinowitz (1981), who created a typology to access different forms of rarity, using three variables: Geographical Distribution, Abundance and Habitat Specificity. All the 480 species and subspecies known to occur in the Azores were surveyed; of these, 215 species lacked sufficient data to be analyzed (data deficient), 121 were not considered rare and 144 (1 hornworts, 56 liverworts and 87 mosses) were considered rare, at least in one of the three parameters considered. The benefits and limitations of the methodology are briefly discussed. Several practical suggestions are proposed in order to enhance the conservation of selected bryophyte species.
Descrição: Proceedings of the Symposium "Darwin's Mistake and what we are doing to correct it". Ponta Delgada, 19-22 September, 2009.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/2059
Aparece nas colecções:DCA - Artigos em Revistas Nacionais / Articles in National Journals

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Gabriel et al Supl.7 2011 149-206.pdf1,04 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.