Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/1985
Título: Auto-dano e ideação suicida na população adolescente : aferição do questionário de impulso, auto-dano e ideação suicida na adolescência (QIAIS-A)
Autor: Nunes, Carolina Portugal de Sousa
Orientador: Carvalho, Célia
Palavras-chave: Adolescente
Comportamento de Risco
Suicídio
Adolescent
Self-Destructive Behaviors
Suicide
Data de Defesa: Mar-2013
Citação: Nunes, Carolina Portugal de Sousa – "Auto-dano e ideação suicida na população adolescente : aferição do questionário de impulso, auto-dano e ideação suicida na adolescência (QIAIS-A)". Ponta Delgada : Universidade dos Açores. 2013. 169 p.. Dissertação de Mestrado.
Resumo: O auto-dano e a ideação suicida entre os jovens são um problema sério e um foco importante de política social e prática profissional nos países ocidentais, sendo que, a nível mundial, as taxas destes comportamentos em adolescentes têm aumentado. Neste sentido, a avaliação de comportamentos de auto-dano e ideação suicida assume especial relevância. O principal objetivo deste estudo é identificar a presença de comportamentos auto-destrutivos – comportamentos de auto-dano e comportamentos suicida – em adolescentes com idades compreendidas entre os 14 e os 19 anos, da ilha de São Miguel; caracterizar os adolescentes da ilha com e sem comportamentos auto-lesivos e identificar quais as variáveis mais associadas a esses comportamentos. Dada as lacunas existentes em instrumentos de avaliação desses comportamentos, fez-se necessária a construção e validação do Questionário de Impulso, Auto-Dano e Ideação Suicida na Adolescência (QIAIS-A), numa amostra de adolescentes. Dois estudos com objetivos específicos são levados a cabo neste trabalho, o primeiro dedicado inteiramente à validação da escala QIAIS-A e o segundo à caracterização dos comportamentos auto-lesivos, sua avaliação e comparação dos mesmos em função das variáveis sociodemográficas e outras variáveis referidas pela literatura. Para o primeiro estudo foi recolhida, aleatoriamente, uma amostra de 1605 alunos do ensino secundário. A escala revelou bons indicadores psicométricos, do ponto de vista da validade, sendo que quer o total (α=.90), quer os fatores (fator Impulso α=.77; fator Auto-dano α=.88; fator Funções do auto-dano α=.94; fator Ideação suicida α=.82), apresentam bons indicadores de consistência interna. De um modo geral este instrumento revela ser bastante adequado do ponto de vista psicométrico para avaliar comportamentos de auto-dano e ideação suicida. No segundo estudo a amostra, também aleatória, é composta por 1818 alunos. Os comportamentos de auto-dano e ideação suicida são caracterizados na amostra, em função das variáveis sociodemográficas, sendo também relacionados com outras variáveis referidas na literatura da especialidade. Os resultados indicam que a taxa de adolescentes que se envolvem em comportamentos de auto-dano (31.3%) e ideação suicida (26.3%) é elevada.
ABSTRACT: The self-harm and suicidal ideation among young people is a serious problem and an important focus of social policy and professional practice in Western countries, whereas globally rates of these behaviours in adolescents have increased. In this sense, the assessment of self-harm behaviours and suicidal ideation is of particular relevance. The main objective of this study is to identify the presence of self-destructive behaviours - self-harm behaviours and suicidal behaviours - in adolescents aged 14 to 19 years, in São Miguel Island. The objective is to characterize adolescents with and without self-injurious behaviours and identify which variables most associated with these behaviours. Given the gaps in assessment tools of such behaviours became needed to develop and validate the Impulse, Self-harm and Suicidal Ideation in Adolescents Questionnaire (QIAIS-A) in a sample of adolescents. Two studies with specific objectives are carried out in this work; the first is entirely devoted to validate the scale QIAIS-A and the second to the characterization of self-injurious behaviours. Their evaluation and comparison is in function of socialdemographic variables and other variables mentioned in the literature. For the first study it was collected randomly a sample of 1605 high school students. The scale showed good psychometric indicators, in terms of validity, and whether the total (α = .90), both factors (Impulse factor α = .77; Self-harm factor α = .88; Functions of self-harm factor α = .94; Suicidal ideation factor α = .82), exhibit good indicators of internal consistency. Generally this tool turns out to be very suitable from the viewpoint psychometric for evaluating behaviours of self-harm and suicidal ideation. In the second study, the sample also random comprises 1818 students. The behaviours of self-harm and suicidal ideation are featured in the sample, according to sociodemographic variables, and are also related to other variables mentioned in the literature. The results indicate that the rate of adolescents who engage in self-harm behaviours (31.3%) and suicidal ideation (26.3%) is high.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia da Educação (Contextos Educativos).
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/1985
Aparece nas colecções:DEDU - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoCarolinaPortugalSousaNunes2013.pdf1,92 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.