Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/1891
Título: Comportamento de diferentes tipos de madeiras face à aplicação de diferentes produtos de combate às populações de térmitas de madeira seca (Cryptotermes brevis) nos Açores
Outros títulos: Response of different types of wood treatment regarding the different products application to the management of drywood termites Cryptotermes brevis populations in the Azores
Autor: Lopes, David João Horta
Borges, Annabella
Guerreiro, Orlando
Ferreira, Maria T.
Myles, Timothy G.
Borges, Paulo A. V.
Palavras-chave: Cryptotermes brevis (Walker, 1853)
Drywood Termite
Térmita de Madeira
Açores
Azores
Data: 2007
Editora: Principia
Citação: Lopes, D.H., Borges, A., Guerreiro, O., Ferreira, M., Myles, T.G. & Borges, P.A.V. (2007). "Comportamento de diferentes tipos de madeiras face à aplicação de diferentes produtos de combate às populações de térmitas de madeira seca (Cryptotermes brevis) nos Açores". In P.A.V. Borges & T. Myles (eds.), «Térmitas dos Açores». Estoril (Lisboa), Principia, pp. 76-84.
Resumo: A térmita de madeira seca das Índias Ocidentais, a Cryptotermes brevis (Walker, 1953) (Isoptera: Kalotermitidae) está perfeitamente estabelecida nos Açores, sendo considerada uma praga urbana com grande impacto económico e social pelos graves prejuízos que causa, através da destruição estrutural, principalmente das madeiras de suporte dos telhados. Espera-se com esta contribuição: i) determinar qual o produto com a maior taxa de absorção em todas as madeiras usadas na estrutura dos telhados açorianos; ii) contribuir de uma forma decisiva para que as empresas dos Açores possam adoptar esta prática no tratamento de todas as madeiras a usar nas estruturas; iii) contribuir, indirectamente, para a redução do ataque das térmitas nas madeiras, através do seu tratamento com estes produtos, tendo em vista o controlo desta praga nas zonas urbanas afectadas. De todos os seis produtos utilizados, o XT-2000 (d-limonene), líquido com propriedades insecticidas extraído da casca de citrinos, foi o que melhor foi absorvido e se difundiu no interior da madeira tratada em todas as modalidades ensaiadas. Analisando esta capacidade de difusão no interior da madeira por cada tipo de produto e atendendo ao facto de se tratar de madeira do cerne ou do borne (superfície), o XT-2000 (d-limonene) e o TERMINATE (cialotrina) foram os que registaram a maior percentagem de absorção. Na madeira do cerne, o WOCOSEN (permetrina) foi o que melhor foi absorvido por todas as madeiras. É de referir que a acácia, o sapé e o eucalipto foram as madeiras que registaram a menor taxa de absorção após a aplicação dos produtos ensaiados.
ABSTRACT: The West Indian drywood termite, Cryptotermes brevis (Walker, 1953) (Isoptera: Kalotermitidae), is a well-established and serious pest of structural wood in the Azores. It is therefore important to study different ways to fight against this insect, and among the several research studies in progress, in these contribution we discuss the rate of diffusion of six products inside five different kinds of wood that are normally used for construction of Azorean building roofs. Our aims are: i) to test which product is best absorbed in each type of wood tested and used in the building of Azorean roofs; ii) to contribute with methods that can be adopted by Azorean commercial enterprises to develop a domestic termite control industry; iii) to contribute indirectly in understanding the best woods and products we expect to enhance control of these pest in the affected urban areas. Of the six products tested, XT-2000 (d-limonene), a liquid extracted from citrus peels, gave the best results in terms of diffusion on all the wood types tested. When we compared the performance of each kind of product tested in both heartwood and sapwood, XT-2000 and TERMINATE were the products with the greatest amount absorbed in the woods tested. In the heartwood alone, WOCOSEN (permethrin) was the one that gave the best results for all woods. It is also important to note that acácia, sapé and Eucalyptus sp. were the woods that absorbed the least with all the products tested.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/1891
ISBN: 978-972-8818-98-2
Aparece nas colecções:DCA - Parte ou Capítulo de um Livro / Part of Book or Chapter of Book

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Lopes_et_al.pdf561,84 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.