Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/1879
Título: Efeito da intensificação do uso do solo na comunidade de artrópodes da ilha Terceira
Autor: Dinis, Francisco
Borges, Paulo A. V.
Palavras-chave: Artrópodes
Biodiversidade
Arthropod
Biodiversity
Ilha Terceira (Açores)
Açores
Terceira Island (Azores)
Azores
Data: 2007
Citação: Dinis, F. & Borges, P.A.V. (2007). Efeito da intensificação do uso do solo na comunidade de artrópodes da ilha Terceira. Actas do "13º Congresso da APDR (Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Rural)", Angra do Heroísmo, Julho de 2007, CD-PDF.: 9 pp.
Resumo: As actividades económicas têm um impacto no território, verificando-se em estudos na área da conservação da natureza, de fragmentação de habitats e de agro-ecossistemas que as alterações no Uso do Solo afectam a Biodiversidade. O processo histórico de colonização dos Açores é responsável pela redução da área da floresta nativa das ilhas, com consequências na riqueza específica da fauna insular. O objectivo deste trabalho é de analisar a distribuição da riqueza da fauna de artrópodes em diferentes usos do solo na ilha Terceira. Cartografou-se com uma quadrícula de 500X500 m os seguintes usos do solo: Pastagem Intensiva, Pastagem Semi-Natural, Plantação Exótica de Eucalipto, Plantação Exótica de Criptoméria e Floresta Nativa. Na análise efectuada adicionou-se ainda o Prado Natural e a Turfeira, habitats de área mais reduzida. Proporcionalmente à área de cada uso do solo efectuou-se a implantação de transeptos de 150 m, com 30 armadilhas cada, num total de 82 transeptos. Com o recurso ao Software Spatial Analysis in Macroecology (SAM), utilizaram-se métodos de regressão para determinar a relação entre a riqueza em espécies do conjunto de artrópodes, das espécies introduzidas, das indígenas e das endémicas e variáveis ambientais (climáticas) e a percentagem de cada uso do solo. Os nossos resultados confirmam que as comunidades de artrópodes são afectados por um gradiente de intensificação do uso do solo. A pastagem semi natural funciona como um habitat de transição, podendo ser potencialmente um corredor para um mecanismo de substituição de espécies indígenas por espécies exóticas na floresta Nativa. Quaisquer medidas de conservação e gestão da biodiversidade poderão ser avaliadas com o recurso a técnicas de modelação, a partir das relações quantificadas neste estudo.
Descrição: 13º Congresso da APDR (Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Rural). Angra do Heroísmo, Julho de 2007.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/1879
Aparece nas colecções:DCA - Comunicações a Conferências / ConferenceItem

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
13_Dinis & Borges APDR.pdf45,8 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.