Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/1549
Título: A resolução de problemas e o desenvolvimento do raciocínio lógico-matemático no contexto da educação pré-escolar e do 1º ciclo do Ensino Básico
Autor: Almeida, Carla da Conceição Pereira Cardoso
Orientador: Cascalho, José Manuel
Teixeira, Ricardo Emanuel Cunha
Palavras-chave: Educação Pré-Escolar
Ensino Básico (1º ciclo)
Matemática
Prática Educativa
Data de Defesa: 13-Jul-2012
Citação: Almeida, Carla da Conceição Pereira Cardoso – "A resolução de problemas e o desenvolvimento do raciocínio lógico-matemático no contexto da educação pré-escolar e do 1º ciclo do Ensino Básico". Angra do Heroísmo : Universidade dos Açores. 2012. VIII, 99 f.. Dissertação de Mestrado.
Resumo: Este relatório de estágio surge no âmbito das unidades curriculares de Prática Educativa Supervisionada I e II, do Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico, da responsabilidade do Departamento de Ciências da Educação da Universidade dos Açores, e constitui uma reflexão de toda a prática pedagógica desenvolvida em contexto de Pré-Escolar, no Infantário “O Carrocel”, na sala dos 4 anos, e de 1º Ciclo do Ensino Básico, na Escola Básica e Integrada do Pico da Urze, na sala do 2º/3º ano de escolaridade. Com este trabalho, pretendeu-se encontrar estratégias que promovessem a prática da resolução de problemas na sala de aula, e que garantissem que essa prática conduzisse ao raciocínio e comunicação matemáticas, bem como ao aprofundamento do conhecimento de temas matemáticos, de uma forma transversal às diferentes áreas e domínios do currículo. O seguinte conjunto de questões norteou a nossa curiosidade investigativa: De que forma pode o professor introduzir a resolução de problemas na sala de aula? Quais as principais dificuldades que as crianças apresentam no decorrer da resolução de problemas? Quais os contextos privilegiados para a resolução de problemas? Quais as estratégias adequadas para a resolução de problemas? De que forma estas estratégias dependem das idades das crianças? Que dificuldades são sentidas pelo professor/educador na implementação de atividades que explorem a resolução de problemas? O trabalho desenvolvido mostrou que o interesse das crianças pela resolução de questões problemáticas pode ser estimulado com o convite à partilha de estratégias de resolução e à justificação dos raciocínios empregues. Houve, por isso, a necessidade de dar tempo à resolução dos problemas, que constituiu um impulso para repensar a organização das aprendizagens na sala de aula. Ainda permitiu mostrar como a resolução/formulação de problemas pode ser uma prática comum na sala de aula, com valorização das diferentes etapas necessárias à sua resolução e do processo em detrimento da solução. Foi possível constatar uma evolução por parte das crianças em relação à seleção das estratégias adequadas na resolução das questões problemáticas, bem como na comunicação oral e escrita, na explicação que faziam dos seus raciocínios matemáticos e na formulação de novos problemas.
ABSTRACT: This internship report appears in the coursework units of Supervised Educational Practice I and II, of the Master’s Degree in Kindergarten Education and Teaching of the Elementary School. This course lies with the Department of Educational Sciences at Azores University and reflects all educational work developed in Kindergarten context, namely in nursery school “O Carrocel”, in the 4 years old class, and in Elementary School of Pico da Urze, in 2nd/3rd grade class. With this work, we intend to find strategies to promote the solving of problems in classroom and to ensure that this practice leads to mathematical thought and communication, as well as the consolidation of mathematical knowledge, in a crosscutting way to different areas of the educational curriculum. The next set of questions started our research curiosity: In what way could the teacher introduce the solving of problems in classroom? Which are the main difficulties that children demonstrate while solving problems? Which are the main contexts for solving problems? In what way these strategies depend on children’s age? What difficulties are felt by the teacher/educator when they do activities for solving problems? The developed work showed that the children’s interest for solving problems can be stimulated when they share solving strategies and justified their thinking. There was the need to give some time to the solving problems issue, which gives a push to rethink in classroom learning organization. It allowed showing how the making/solving of problems can be a usual classroom practice, emphasizing the different steps necessary to the solving and process instead the solution. It was possible to ascertain the children’s progress towards the selection of suitable strategies for problematic questions, as well as writing and speaking communication, in their explanation about mathematical thinking and making new problems.
Descrição: Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico (Relatório de Estágio).
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/1549
Aparece nas colecções:DEDU - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoCarlaConceicaoPereiraCardosoAlmeida2012.pdf3,89 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.