Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/1339
Título: Gestão de resíduos de avicultura e cunicultura
Autor: Vilela, Luciana Castroviejo de Oliveira
Orientador: Rodrigues, António Félix Flores
Palavras-chave: Ambiente
Avicultura
Cunicultura
Gestão Ambiental
Gestão de Resíduos Orgânicos
Protecção Ambiental
Resíduos Orgânicos (Avaliação Económica)
Data de Defesa: 24-Set-2005
Citação: Vilela, Luciana Castroviejo de Oliveira – “Gestão de resíduos de avicultura e cunicultura”. Angra do Heroísmo : Universidade dos Açores. 2012. 110 f.. Dissertação de Mestrado.
Resumo: O presente trabalho destina-se a avaliar as potencialidades e a propor soluções de valorização dos resíduos de origem animal, produzidos na avicultura e cunicultura em Portugal, através da produção de biofertilizantes e biogás. Nessa perspectiva, pretendeu-se contribuir para o levantamento da produção avícula e cunícula em Portugal, recorrendo a dados oficiais e não oficiais. A cunicultura em Portugal, tem merecido pouca atenção por parte das entidades oficiais, talvez por isso, não foi localizado qualquer tipo de dados oficiais para a caracterização e quantificação dos resíduos produzidos pela cunicultura portuguesa. Quanto à avicultura, ela encontra-se em franco desenvolvimento e em fase de especialização, produzindo-se carne, ovos, codornizes e avestruzes. Verificou-se neste estudo que a maioria das explorações avículas portuguesas não faz a gestão dos resíduos de origem animal numa perspectiva económica, mas mais numa perspectiva de cumprir as regras comunitárias. Assim há que implementar uma perspectiva de sustentabilidade que optimize a produção procurando aumentar a competitividade das explorações agro-industriais no mercado, minimize os impactos ambientais com o aproveitamento dos recursos naturais e mantenha a saúde e o bem-estar animal e humano. De facto, a prática está em perfeito desacordo com a teoria, visto que até existem em Portugal alguns meios técnicos, financiados pela União Europeia para a implementação de uma gestão sustentável de resíduos, mas falta a vontade e o de conhecimento técnico especializado tomam essa realidade desajustada. As análises realizadas a fezes e camas de explorações avículas e cunículas, nos Açores e Continente Português revelaram existir diferenças entre explorações e espécies animais produzidas. Dependendo do tipo de valorização de resíduos que se pretenda atingir, produção de bio fertilizante sólido, produção de biofertilizante líquido, produção de biogás ou uma combinação deles, há que estudar as características fi sicas e químicas dos resíduos bem como os impactos ambientais resultantes do tratamento e não tratamento. Uma simulação da valoração económica dos resíduos produzidos em aviários típicos, permite concluir que os lucros podem ser substanciais em aviários com mais de 6000 frangos efectivos. Há diferenças significativas nos lucros resultantes da valorização energética e agrícola dos resíduos de um aviário vocacionado para a produção de carne e de um vocacionado para a produção de ovos. A gestão dos resíduos dos aviários portugueses poderá contribuir para uma diminuição efectiva das emissões de gases que produzem efeito de estufa, com nítidos benefícios para o País na nova lógica do mercado de carbono.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Produção Animal.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/1339
Aparece nas colecções:DCA - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoLucianaCastroviejoOliveiraVilela2005.pdf24,08 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.