Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/1328
Título: Efeito do novo acordo de capital de Basileia II nas Pequenas e Médias Empresas
Autor: Tavares, Rui Filipe Barbosa
Orientador: Couto, Gualter
Palavras-chave: Autonomia Financeira
Basileia II
Crédito
Risco de Crédito
Basel II
Credit Risk
Financial Autonomy
Loan
Data de Defesa: 25-Jul-2011
Citação: TAVARES, Rui Filipe Barbosa - Efeito do novo acordo de capital de Basileia II nas Pequenas e Médias Empresas. Ponta Delgada : Universidade dos Açores. 2011. [9 ], 73 f.. Dissertação de Mestrado.
Resumo: Este estudo procura avaliar o impacto do Novo Acordo de Capital de Basileia II nos montantes de credito concedidos pelos bancos as Pequenas e Medias Empresas (PME's), bem como definir os novos determinantes do risco de credito a luz do Novo Acordo. O estudo utiliza dados de empresas portuguesas, obtidos através da Central de Balancos do Banco de Portugal, e recorre a construção de Modelos de Regressão Linear Múltipla (MRLM). Assim concluiu-se, em termos gerais, que nos dois anos posteriores a implementação de Basileia II (2007 e 2008), o credito concedido as PME's aumentou, não ocorrendo um possível “efeito negativo de Basileia II”. Verificou-se também que o montante de credito concedido pelos bancos as PME's tende a variar positivamente com a dimensão, medida pelo Total de Aplicações, e com a Autonomia Financeira das empresas.
ABSTRACT: This study evaluates the impact of the New Basel Capital Accord II on the amount of credit granted by banks to Small and Medium Enterprises (SMEs) and defines credit risk factors in light of the New Accord. The study uses data obtained directly from Portugal’s Central Bank Balance Sheets and applies the Multiple Linear Regression Models in analyzing the data. The findings indicate that in the two years following implementation of Basel II (2007 and 2008), lending to SMEs increased and there was no measurable “negative impact of Basel II.” Additionally, the study shows that the amount of credit, extended by banks to SMEs, increases proportionally according to the size of the business, measured by Total Applications, and the Financial Autonomy of each company.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Gestão de Empresas (MBA).
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/1328
Aparece nas colecções:DGST - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoRuiFilipeBarbosaTavares2011.pdf707,55 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.