Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/1233
Título: "Algumas modinhas de bom gosto, e duetos italianos para meninas" : a música e a educação de uma família micaelense do início do século XIX
Outros títulos: “Algumas modinhas de bom gosto, e duetos Italianos para Meninas”: the music and the education of a S. Miguel family at the beginning of the nineteenth century
Autor: Cymbron, Luísa
Palavras-chave: Educação Feminina
Prática Musical Doméstica
Açores
Feminine Education
Home Music Making
Azores
Data: 2009
Editora: Universidade dos Açores
Citação: "ARQUIPÉLAGO. História". ISSN 0871-7664. 2ª série, vol. 13 (2009): 87-118
Relatório da Série N.º: História. 2ª série;vol. 13
Resumo: Em Portugal é raro terem-se conservado, até aos nossos dias, acervos relacionados com a prática musical doméstica, como aquele que serve de base ao presente artigo, acumulado por uma família micaelense, entre as décadas de 1810 e 1850. Da sua análise e da leitura dos volumes do copiador de correspondência de António José de Vasconcelos, verifica-se que a educação das filhas deste grande comerciante açoriano, formado no espírito pombalino, se distancia do modelo do Antigo Regime e inclui a música como uma componente essencial da educação feminina, ligada à esfera do entretenimento. Todavia, por necessidades familiares, a filha primogénita, Maria Luísa, é sujeita a uma educação que inclui também aspectos de História e formação moral, mais próxima da masculina. Os testemunhos recolhidos e a análise do espólio mostram-nos que, em S. Miguel, os repertórios e as práticas ligadas à vida musical doméstica estão muito próximos dos lisboetas. As ligações culturais com o reino sobrepunham-se às com outros países, com os quais a ilha tinha relações comerciais intensas, como é o caso da Grã Bretanha. Verifica-se também que todo o espólio é construído com base no piano, como instrumento solista, de acompanhamento, ou ainda como suporte do repertório de dança, mas a influência determinante é a do teatro de ópera. E esta subalternidade da música instrumental face ao mundo lírico é precisamente uma das características mais marcantes da cultura musical sul europeia. Algumas das espécies estudadas neste artigo permitem-nos reconstituir aspectos da cadeia de transmissão e mesmo parte da sonoridade da época. Elas mostram-nos as diferentes formas de utilização de um espólio como este, onde, na mesma espécie, coexistem géneros diversos, de compositores que não pertencem à mesma geração, utilizados em momentos e com funcionalidades diferentes por, pelo menos, duas gerações da mesma família.
ABSTRACT: In Portugal only seldom have holdings related with the domestic musical practice been preserved, such as the one which is the basis for the present article, and which was accumulated by a family of the S. Miguel island in the Azores, between the decades of 1810 and 1850. Its analysis, combined with that of the volumes of the correspondence of António José de Vasconcelos, allows us to see how the education of the daughters of this wealthy Azorean merchant, formed in the spirit of the Enlightenment, distances itself from the model of the Ancien Regime, while including music as an essential element of feminine education connected in particular with the sphere of entertainment. Nevertheless, for family reasons, the eldest daughter’s education also includes history and morals, which were nearer to the masculin model. The information gathered and the analysis of the music collection show that in S. Miguel the repertoires and domestic musical practices were very similar to those in Lisbon. Cultural connections with the mainland were closer than with other countries, such as England, with which the island had intense commercial relations. We can also see that the whole holdings are built round the pianoforte, both as a solo or as an accompanying instrument, or as the support for a dance repertoire, though the determining influence is that of the opera. The second place that instrumental music takes to the opera repertoire is in fact one of the most marked characteristics of the music culture of Southern Europe. Some of the sources studied in this article allow us to reconstruct certain aspects of the chain of transmission and even part of the sonority of the period. They show the different ways in which a collection such as this might have been used, one where in the same source different genres, belonging to composers from different generations, have been brought together, having been used in different moments and with different functions by at least two generations of the same family.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/1233
ISSN: 0871-7664
Aparece nas colecções:ARQ - Hist2s - Vol 13 (2009)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
LuisaCymbron_p87-118.pdf493,83 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.