Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/1207
Título: A cidadania e o bem-estar psicológico de estudantes adolescentes
Autor: Cabral, Natércia Maria Tavares Pimentel
Orientador: Medeiros, Maria Teresa Pires de
Palavras-chave: Adolescente
Cidadania
Educação
Escola
Prática Pedagógica
Data de Defesa: 30-Mar-2011
Resumo: As práticas de cidadania são indispensáveis para o desenvolvimento de competências de cidadania e a escola é, por excelência, um contexto de educação para a cidadania. Neste domínio, o sistema educativo da Região Autónoma dos Açores tem intentado desenvolver no estudante um diálogo interior, de modo a conduzi-lo à tomada de consciência de uma ética pessoal, com vista ao exercício da cidadania, através do Decreto Legislativo Regional nº 21/2010/A, que apresenta uma área curricular não disciplinar – de formação transdisciplinar – intitulada “Cidadania”. Apesar de as questões da educação para a cidadania se assumirem de extrema pertinência, a investigação portuguesa neste domínio é muito reduzida. A investigação agora em análise sobre a Cidadania e o Bem-Estar Psicológico de Estudantes Adolescentes foi enquadrada na exploração de duas componentes: o envolvimento dos estudantes na escola, no exercício da cidadania, e o bem-estar psicológico destes estudantes adolescentes. A partir das questões de investigação – Até que ponto é que o envolvimento dos estudantes na escola, no exercício da cidadania, varia em função de variáveis sócio-demográficas, como a idade, o sexo e o ano de escolaridade? Existirá uma relação entre o envolvimento dos estudantes na escola, no exercício da cidadania, e o bem-estar psicológico destes estudantes adolescentes? Definimos os principais objectivos que nortearam esta investigação: (i) Identificar a relação entre o envolvimento dos estudantes na escola, no exercício da cidadania, e as variáveis: idade, sexo e ano de escolaridade; (ii) Compreender o envolvimento do estudante na escola, no que respeita ao exercício da cidadania; (iii) Analisar a relação entre as variáveis do bem-estar psicológico e as do envolvimento do estudante na escola, quanto ao exercício da cidadania. Com base nestes objectivos, realizámos um estudo exploratório, com uma amostra de 350 estudantes, dos 8º e 11º anos de escolaridade, de duas escolas do concelho de Ponta Delgada (Ilha de São Miguel, do Arquipélago dos Açores). Os resultados obtidos revelam que são os estudantes do 8º ano de escolaridade do sexo feminino que se envolvem mais nas actividades escolares, no domínio de uma cidadania activa. Por outro lado, são os estudantes do 11º ano de escolaridade que revelam um maior envolvimento sócio-afectivo com os colegas e com os professores. Mas, é ao nível do sexo masculino que se encontra um maior envolvimento global na escola, sobretudo nos grupos etários 15-17 (adolescência média) e 17-18 (adolescência final). Por fim, concluímos que a participação dos estudantes adolescentes, no contexto da cidadania, conduz ao bem-estar psicológico dos mesmos. Tecem-se implicações do estudo ao nível do contexto da prática pedagógica, nomeadamente na metapraxis docente e no quadro geral das boas práticas docentes.
ABSTRACT: Citizenship practices are indispensable to the development of citizenship abilities and school is, par excellence, an excellent place to be educated in its principles. In this domain, the educational system of the Autonomous Region of the Azores has intended to develop in students an inner dialogue, as a way to make them aware of a personal ethic. Its purpose is to exercise citizenship, also through the Regional Legislative Decree n. 21/2010/A, which presents none disciplinary curricular area, which has transdis¬ciplinary training, entitled ‘Citizenship’. Although the questions related to the citizenship education are assumed to be highly important, the Portuguese investigation in this domain is much reduced. The investigation about citizenship and the psychological well-being of the teenage students that is now being analysed was integrated in the exploration of two components: the involvement of students in school, in the exercise of citizenship, and in the psychological well-being of these teenage students. We have defined the main objectives that guided this investigation by taking the following investigation’s questions into consideration: in which extend does the involvement of students in school, in the exercise of citizenship, varies according to social-demographic variables such as age, gender and school year? Is there a relation between the involvement of students in school, in the exercise of citizenship, and the psychological well-being of these teenage students? The objectives are the following: (i) to identify the relation between the involvement of students in school, in the exercise of citizenship, and the variables are: age, gender and school year; (ii) to understand the involvement of students in school, having in mind the exercise of citizenship; (iii) to analyse the relation between two variables: the psychological well-being and the school involvement of the student, concerning the citizenship exercising. Having these objectives in mind, we performed an exploratory study, with a sample of 350 students, attending the 8th and 11th grades, from two schools of Ponta Delgada (S.Miguel island in the Azores Archipelago). The obtained results show that the students from the 8th grade, female students, are the ones that get more involved in the school activities, in the domain of an active citizenship. On the other hand, the students of the 11th grade, are the ones that show a greater social-affective involvement with colleagues and teachers. But, it is amongst the male gender that was found a greater global involvement in school, especially in the age groups of 15-17-year-olds (medium adolescence) and 17-18-year-olds (final adolescence). At last, we concluded that the participation of teenage students, in the citizenship context, leads them to a good psychological well-being state. Study implications are made at the level of the pedagogic practices context, to be specific in the metapraxis of teachers and in their good professional practices.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Educação (Educação e Cidadania).
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/1207
Aparece nas colecções:DEDU - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoNaterciaMTPCabral2011.pdf1,31 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.