Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.3/1158
Título: Caracterização do green business no sector do turismo na Região Autónoma dos Açores
Autor: Ponte, João Crispim Borges da
Orientador: Cunha, Regina Tristão da
Couto, Gualter
Palavras-chave: Empresas
Gestão Ambiental
Turismo Sustentável
Açores
Enterprises
Environmental Management
Green Business
Sustainable Tourism
Azores
Data de Defesa: 25-Fev-2011
Resumo: O turismo é a maior indústria do mundo e assumiu-se como fundamental para o desenvolvimento socioeconómico de muitos países e regiões. A contínua expansão da actividade turística, na busca de novos locais que possam satisfazer as necessidades de consumidores cada vez mais numerosos e exigentes, representa muitas vezes o surgimento de desequilíbrios no desenvolvimento de ilhas, de locais remotos e de pequenas comunidades. A nível ambiental, o consumo e a sobre exploração de recursos naturais coloca em causa a sustentabilidade não só desses mesmos recursos, mas também da própria actividade turística. A Região Autónoma dos Açores definiu o turismo como pilar estratégico do seu desenvolvimento, mas, simultaneamente, assumiu a sustentabilidade como factor essencial no seu progresso. Para esse efeito, foram definidos rumos de acção que dinamizassem o sector turístico, potenciando a criação contínua de riqueza, de forma articulada com perspectivas de desenvolvimento sustentável. As características naturais do arquipélago têm representado um factor de diferenciação nos mercados internacionais e, de um ponto de vista estratégico, o turismo de natureza e as actividades marítimo-turísticas assumem um papel essencial na valorização do destino. Esta situação induz a necessidade de promover a preservação e protecção do ambiente em todas as actividades, garantindo que, a longo prazo, se mantenha a capacidade de atracação turística. Neste contexto, torna-se premente perceber qual o posicionamento das empresas a operar neste sector e qual o seu comportamento face a esta problemática, uma vez que são elas que, na maioria das vezes, contactam mais directamente com os recursos naturais e que produzem mais e maiores impactes sobre eles. A presente investigação realizou-se centrada neste cenário, procurando não só identificar princípios de cultura empresarial, mas também verificar que tipo de práticas e acções são adoptadas no sentido de promover a preservação e a protecção ambiental. A informação recolhida resultou da aplicação de um questionário às empresas do sector turístico da Região Autónoma dos Açores. Através da análise dos dados, verificou-se que a maioria das empresas participantes eram pequenas e médias empresas. Foi possível constatar que efectivamente as características naturais do arquipélago são um factor de diferenciação nos mercados internacionais e que o ambiente é considerado um elemento importante no desenvolvimento socioeconómico da Região. Contudo, verificou-se que a adopção de práticas ambientais é, sobretudo, promovida com motivos economicistas, uma vez que existe uma correlação positiva entre o investimento previsto e o retorno esperado. Verificou-se, ainda, que existem dificuldades na percepção da linguagem utilizada no que concerne ao ambiente, o que limita bastante a sua aplicação e poderá justificar a baixa adesão a instrumentos de gestão ambiental.
ABSTRACT: Tourism is the world’s largest industry and it is essential to the socioeconomic development of many countries and regions. Touristic activities are in permanent expansion, in search of new locations that can satisfy the needs of more demanding consumers, and often trigger unbalances in the development of islands, remote locations and small communities. From an environmental perspective, natural resources consumption and over exploration threaten not only the sustainability of these resources, but also the sustainability of the touristic activity. The Autonomous Region of the Azores has defined tourism as an element of strategic development, and has, simultaneously, assumed sustainability as an essential factor to its progress. In order to enhance the dynamics of the touristic sector, several strategies were established, increasing the potential of wealth creation in articulation with sustainable development perspectives. The natural characteristics of the archipelago have been a differentiation aspect in international markets and, from the strategic point of view, nature tourism and nautical activities play a vital role to value the destination. This situation spawns the need to promote the environment’s preservation and protection in all activities, assuring that, in a long run horizon, the touristic attraction is maintained. In this context, it is important to understand the positioning of the enterprises that work in this sector as well as the way they behave towards the local environment, since they are the ones that contact directly with natural resources and promote more and greater impacts on them. This investigation was carried out in this scenario centered, allowing the search for corporate culture principles and the verification of the practices and actions that are implemented in order to promote environmental preservation and protection. The gathered information is the result of the application of a survey on the enterprises in the touristic sector of the Autonomous Region of the Azores. The results show that most of the enterprises that participated in this study are small and medium enterprises. It was possible to verify that the natural characteristics of the archipelago are indeed a differentiation factor in international markets and that the environment is considered an important element in the socioeconomic development of the Region. Nevertheless, it was possible to determine that the establishment of environmental practices is mainly promoted as a consequence of economic motivations, since there is a positive correlation between planned investment and the expected return. Furthermore, it was determined that the environmental language is not easily perceived. These factors may relate to the low level of implementation of environmental management instruments.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Ambiente, Saúde e Segurança.
URI: http://hdl.handle.net/10400.3/1158
Aparece nas colecções:DBIO - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DissertMestradoJoaoCrispimCLBPonte2011.pdf805,35 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.